Resposta à jornalista Paula Ricoy:

A Prova que a Sanasa jogou esgoto no Rio Anhumas
em novembro de 2009

 

Foto do Rio Anhumas tirada em 07/11/2009 em frente da ETE de Barão Geraldo. Caldo preto cheirando esgoto. Demonstração clara de que a ETE do Anhumas está longe de cumprir com seu objetivo. Matéria publicada no Barão em Foco 11/11/2009 e no Jornal de Barão em 03/12/2009.

A SANASA, através da jornalista Paula Ricoy, contestou a informação desta matéria e consequentemente, das fotos do Rio Anhumas preto, tiradas em 07/11/2009. Informou que a ETE do Anhumas está em operação ininterrupta desde maio de 2007, atingindo uma eficiência de tratamento de cerca de 89% de remoção de poluentes. Isto é história para boi dormir, e boi mato-grossense. Se a ETE funciona, a água do Anhumas não estaria preta.
Temos fotos destas mesmas águas limpas (23/12/2009), significando que a referida ETE tem condição de cumprir com seu objetivo. Reiteramos a afirmação na citada matéria, de que o que falta é empenho para isto.

Se a jornalista da SANASA verificar na foto acima, o Rio Anhumas preto, o tamanho da vegetação e as plantas no muro de pedra construído em 2009 em frente da ETE de Barão Geraldo, vai ver que:
- a foto é mesmo de novembro 2009,
- que a ETE do Anhumas não tem nada de Ininterrupta desde maio de 2007,
- e que ela falou besteira.

Alfredo Moro Morelli
www.baraoemfoco.com.br

 

 

 

 

Home

Agência 15