O Subprefeito não foi convidado para compor a mesa na reunião em Barão Geraldo em 2010
O ex-Subprefeito fazia parte da mesa e abriu os trabalhos em 2006
- reunião de 23/06/2010 -
 

O Subprefeito de Barão Geraldo, cargo de confiança do Prefeito, é o mais alto cargo do executivo no Distrito, foi indicado pelo ex-subprefeito e é declaradamente seu defensor, mas não foi convidado para compor a mesa nesta reunião importante promovida pelo executivo no próprio local de seu trabalho, Barão Geraldo.

Se alguém acha que isto não tem importância, está enganado.

 

Composição da mesa nas reuniões:
notou-se a ausência do Subprefeito

A hipótese de esquecimento só é válida para quem não conhece a nossa política. A perda de prestígio político e eficiência do ex-subprefeito perante o executivo deve ser considerada.
Em 2006, o subprefeito estava lá, não apenas compondo a mesa, como também abrindo os trabalhos e defendendo as alterações pretendidas pela Prefeitura na Lei 9.199. Hoje está pedindo transparência ao executivo no meio da opaca tempestade de areia, que ajudou a formar.

Considerando os resultados das últimas reuniões locais sobre o Plano de Gestão, a Subprefeitura da Barão Geraldo não conseguiu, nestes 5 anos, atingir o objetivo do Prefeito de acabar com as oposições às pretensões da Prefeitura no Distrito. Apesar de que o esforço foi grande, principalmente dos assessores, que tornaram todas as reuniões no distrito chatíssimas com suas presenças prepotentes e visíveis demonstração de atendimento aos interesses do ex-Subprefeito e não aos interesses dos moradores. Ninguém ou poucos compareciam nas reuniões, e com razão.

O balanço destes últimos 5 anos indica que a Subprefeitura fez péssimo governo para os moradores, que estão sofrendo de descaso crônico e, do outro lado, a representação de confiança falhou com a Prefeitura, pois a Subprefeitura não conseguiu anular as oposições. Foram péssimos nos dois sentidos.

No final da reunião do dia 24, na sede da ProBairro, o ex-subprefeito, hoje vereador, foi procurado por uma comissão da Associações dos Estudantes de Repúblicas de Barão Geraldo e ficaram conversando. É interessante que, bem próximos, estavam um outro vereador e uma ex-vereadora, mas estes dois foram ignorados pelos estudantes moradores nas repúblicas.
Levando em conta a expressão de felicidade dos estudantes depois da conversa, eles esperam levar alguma vantagem. Questão de oportunidade, afinal muitos estudantes que têm domicílio eleitoral fora, podem votar em candidatos a deputado daqui.

Editorial Barão em Foco

 

 

Anuncie no Barão em Foco

 

Home

Agência 15