O Estranho Prêmio do Parque Linear Ribeirão das Pedras em Barão Geraldo

Considerado o melhor do Brasil em 2010 - Investimento de 31 milhões
- março 2010 -

 

Poluição do Ribeirão das Pedras Moradores limpam o Parque
Linear ribeirão das Pedras

Apesar do montante de esgoto, mato e carrapatos no Parque Linear Ribeirão das Pedras de Barão Geraldo, o Ministério do Meio Ambiente premiou a cidade de Campinas com o prêmio nacional de Melhor Prática em Gestão Ambiental Urbana do Brasil em 2010, com o projeto do Parque Linear do Ribeirão das Pedras. O melhor do Brasil!

O montante do investimento publicado foi de 31 milhões de reais. O fato é que lá só tem mato, carrapato e um cheiro insuportável de esgoto que a prefeitura joga neste ribeirão há anos, sob a ponte da Av. Santa Genebra. Nesta semana a Sanasa começou a cortar o mato que estava muito alto.

O noticiário foi amplo, apareceu na EPTV, publicada em  18/03/2010 no site da Prefeitura, no Correio Popular e outros.
Na verdade ainda choro os R$160 mil reais (apenas cento e sessenta mil) para o teatro de Barão Geraldo, aprovado no orçamento participativo e ainda não foi liberado. Agora assusto com R$31 milhões de reais para o parque que sempre quis. Eu esperava um décimo deste valor para limpar, plantar, fazer a ciclovia, calçadas, bancos e bebedouros.

Acho estranho o prêmio ser de Melhor Prática em Gestão Ambiental, considerando a atual situação do Ribeirão das Pedras, que carrega em volume, mais água de esgoto do que água das suas nascentes. Se for apenas um projeto para o futuro, isto deveria ser bem salientado.

O destino e origem dos R$31.000.000,00 para o parque também é um mistério que espero que seja desvendado. Vamos aguardar para ver o que 31 milhões podem fazer por um parque com 9 km de comprimento e 60 metros (obrigatórios por lei) de largura, que não é respeitado ao longo de seu curso.
Segundo noticiários, é possível construir uma residência popular pelo valor de R$ 22 mil, então este dinheiro destinado ao Parque Linear Ribeirão das Pedras equivale à construção de 1.400 casas populares.

A população de Barão Geraldo merece uma explicação deste prêmio sem motivo real de conservação do meio ambiente e o destino dos absurdos R$31 milhões.

Alguns comentários sobre este Prêmio:
Correio Popular
- 19/03/2010
Site Psol - 20/03/2010
Jus Brasil - 21/03/2010 - Paulo Búfalo - no final

Adalberto Moro


Veja também:

Conheça o Ribeirão das Pedras em Barão Geraldo

Moradores cuidam do Parque Linear Ribeirão das Pedras 

 
 
 
 
 
 
 
 

 

Home

Agência 15