CASA DO CIDADÃO. É LEI EM BARÃO GERALDO!
- apesar de lei, estas coisas do primeiro mundo, só em sonho -

- 9.199, a lei vontade de ser 1º mundo -


Já imaginaram um cidadão de Barão Geraldo, entrar no recinto da CASA DO CIDADÃO de Barão Geraldo e falar para o atendente educado e prestativo:

Um morador:
- Ao lado da minha casa, na rua tal, estão construindo um prédio que, acredito, não está de acordo com as leis de urbanização do distrito. Ali não é região comercial e estão construindo um prédio comercial.
O atendente coloca todos os mapas de ocupação do solo da região à disposição do morador, constata a veracidade da reclamação e chama o fiscal que toma providências conforme a lei.

Um empresário que quer lotear a chácara:
-Tenho uma chácara que pretendo lotear e gostaria de saber o que é necessário.
O atendente da Casa do Cidadão mostra os mapas atualizados de ocupação do solo e confere com o solicitante a necessidade da infra estrutura, vias de acesso e especificações do Plano de Gestão do Distrito naquele local. Tudo às claras e transparente.
Em concordância de ambas as partes, a Subprefeitura encaminha a solicitação para análise dos patriotas e bem intencionados funcionários do Urbanismo da Prefeitura. A resposta é rápida e o empresário fica satisfeito.
Se a resposta for negativa, o empresário, que entendeu perfeitamente a transparente legislação, nunca faria a famosa pergunta: "Não entendo por que para o loteamento da chácara do meu vizinho Pedrinho, que está na mesma situação que a minha,  vocês deram resposta favorável".

Pois é. Pessoas de bem, com conhecimentos do primeiro mundo fizeram uma lei para Barão Geraldo (Lei 9.199) imaginando que a lei funcionaria assim.

Casa do Cidadão Baronense: A Lei é a 9.199 de 1996 - artigo 64. O que foi que aconteceu?
Inocentes técnicos bem intencionados da Prefeitura daquela época, Unicamp, PUCC e cidadãos de Barão Geraldo, participaram da elaboração desta lei devaneio baseada no primeiro mundo. A Lei foi até aprovada na Câmara e pelo Prefeito daquela época. Acreditavam que hoje, 20 anos depois, a Lei estaria em pleno funcionamento com a cidadania aflorando nos moradores e os políticos dando satisfações de seus atos, como na Finlândia, Suécia, Inglaterra, Holanda, Dinamarca, Bélgica, Alemanha, Canadá, USA, França, Austrália, etc.

Difícil Solução:
A Casa do Cidadão Baronense englobaria uma filosofia de relacionamento da população com os políticos baseada em credibilidade e confiança para atingirmos a verdadeira cidadania participativa.
O Brasil está a anos-luz desta filosofia existente no primeiro mundo. A nossa base política é baseada em proveito próprio. A população sabe disto, não quer participação e tira proveito como pode. O desagradável é que somente os mais fortes e os financeiramente mais cotados é que conseguem.

Alfredo Moro Morelli
redator do Barão em Foco

Anuncie no Barão em Foco

  Mundo
Brasil
Jornais
Política
Economia
Educação
Emprego
Cinema
Fotografia
Opinião
Quem Somos
Contato
Matérias Anteriores
Empresas de Barão Geraldo
Fórum Consultivo de Barão Geraldo
Casa do cidadão Baronense
Carnaval em Barão Geraldo
Centro de Saúde
Conseg de Barão Geraldo
Escolas de Barão Geraldo
Mapas de Barão Geraldo

Mata do Quilombo
Mata Santa Genebra
Meio Ambiente Barão Geraldo
Ciclovia em Barão
Casarão do Barão
Parque Ecológico de Barão Geraldo
Parque Linear Ribeirão das Pedras
Polícia Civil
Polícia Militar
Praças de Barão
Restaurantes em Barão Geraldo
Rio Anhumas
Subprefeitura de Barão
Teatro em Barão Geraldo
Vídeos de Barão Geraldo

Publicidade no Barão em Foco - clique aqui
Fones: (19) 2121-0632  (19) 3044-0101

 

 

Home

Agência 15