Barão Geraldo tem pouca estrutura para os pedestres


O pedestre sofre além da conta no distrito. Caminhando do centro de Barão Geraldo para a região do Jardim São Gonçalo/Mata Sta. Genebra/Real Parque, quando o pedestre chega na Av. do Xadrez não tem calçada. Nos dias de chuva o pedestre tem que optar por andar no barro (fotos abaixo) ou no meio da rua, sempre fugindo da correnteza.
O Barão em Foco não conseguiu apurar por que o proprietário daquele terreno imenso consegue escapar de fazer a calçada de acordo com a lei.
Bueiro é um elemento raro no distrito (conseqüência do crescimento não sustentável), mesmo no centro, quando chove, não dá para atravessar a Av. Sta. Isabel, que fica alagada.

No distrito é permitido o crescimento urbano sem sustentabilidade, como os loteamentos na Estrada da Rhodia, asfaltamento sem bueiros, aumento populacional com as moradias estudantis irregulares, etc. A especulação imobiliária, centraliza suas ações nos locais onde a densidade populacional já é grande e  os pedestres são esquecidos nas obras e aprovações da Prefeitura. Depois que os loteamentos foram aprovados e habitados, os políticos vão atrás remendando e fazendo média para ganhar prestígio.

Já no caso da Avenida Atílio Martini, o pedestre e o ciclista foram lembrados, mas a obra não ficou nada ecológica com aquele asfalto escuro no meio da vegetação.  Foi feito um caminho asfaltado, mas ali não era para ser apenas um caminho asfaltado. Aquele caminho é uma pequena parte da ciclovia de Barão Geraldo, aprovada na Lei 9.199. Se o poder público for dar continuidade à esta obra, é necessária a participação de arquitetos e pessoas que entendam do assunto para  fazer com que o caminho seja aprazível, que estimule o respeito ao meio ambiente e que permita a locomoção (os três). O arquiteto responsável deveria colocar placa com seu nome, assumindo a responsabilidade urbanística da ciclovia.
Os ciclistas estão dando prioridade para andar na ciclovia, mas os pedestres preferem andar nas calçadas.

Leia também:

A ciclovia de Barão Geraldo - novembro 2006
Construções irregulares em Barão Geraldo - Junho 2005
No Parque Ecológico de Barão Geraldo a natureza é perigosa - janeiro de 2007
 

Barão em Foco


Clique p/ ampliar
 

Caminho do centro de Barão Geraldo
 para a região do Real Parque
Em dia de chuva a escolha é caminhar
no barro e mato ou na enxurrada
Falta de planejamento para pedestres Av. Atilio Martini: obra necessária, mas reflete
pobreza ecológica e de arquitetura.

 

Home

Djweb design