Prefeitura do Rio dá início às obras de ligação da Estrada do Tingui com a Avenida Brasil, na Zona Oeste – Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro

Início das obras na Estrada do Tingui – Marcelo Piu / Prefeitura do Rio

A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria de Infraestrutura, deu início, nesta quarta-feira (27/09), às obras de implantação de um novo trecho de 2,1 mil metros da Estrada do Tingui, que viabilizará a ligação da via com a Avenida Brasil, no bairro de Campo Grande. Com o prolongamento, a estrada, que tem 4,9 mil metros, passará a ter 7 mil metros, garantindo aos moradores uma importante alternativa de acesso à Avenida Brasil, uma das vias mais importantes e movimentadas da cidade. Com custo previsto de R$ 36 milhões, as obras incluem, além da implantação do novo trecho, a reurbanização da Estrada do Tingui. Serão requalificadas as redes de drenagem, água potável, esgoto e pavimentação. A obra faz parte do Plano de Mobilidade de Campo Grande, que visa a desafogar o trânsito neste que é o maior e mais populoso bairro do país.

Com investimentos que chegam a R$ 843 milhões, o Plano de Mobilidade prevê diversas obras, entre elas a do Anel Viário de Campo Grande, que já está ocorrendo e compreende a construção de um mergulhão sob a Avenida Cesário de Melo, um túnel de 600 metros sob o Morro Luiz Bom, além da implementação das rótulas na Rua Artur Rios e na Estrada da Caroba. As novas rotas irão permitir o escoamento de tráfego de veículos na região central, diminuindo o tempo de deslocamento. O projeto inclui dois quilômetros de ciclovia. Em agosto passado, houve a primeira detonação para construção do túnel sob o Morro Luiz Bom.

– Hoje iniciamos mais uma obra de ligação importante com a Avenida Brasil, contribuindo com a mobilidade do maior bairro do Brasil – disse a secretária de Infraestrutura, Jessick Trairi.

Outra grande intervenção prevista para integrar o Anel Viário é a implantação da nova Floresta da Posse. Uma área verde no coração de Campo Grande, com 950 mil m² – algo equivalente a mais de 130 campos de futebol. O projeto prevê plantio de 240 mil árvores e recuperação dos mananciais, além de proteção da fauna e da flora nativas.

O Plano de Mobilidade de Campo Grande prevê ainda outras intervenções. Estão planejadas obras como a ligação expressa da Estrada da Posse com a Avenida Brasil, passando por áreas ainda pouco adensadas, e a implantação de uma alça de acesso da Estrada Sete Riachos com a Avenida Brasil. O objetivo é diminuir a quantidade de veículos em vias saturadas como as estradas do Mendanha e do Lameirão. Também está planejada a implantação de pontes, viadutos e mais infraestrutura cicloviária.

O plano inclui ainda a implantação do Binário Rio/SP (interseções entre a Estrada Rio-São Paulo, Rua Vitor Alves e a Estrada Rio do A); do Largo da Maçonaria (otimização e distribuição de interseções viárias na Estrada do Mendanha); e duplicação da Estrada da Cachamorra.

Obras de drenagem de avenida em Campo Grande é entregue

Ainda em Campo Grande, foram entregues obras de drenagem da Avenida Paulo Afonso. São 839 metros de extensão da nova rede, com galerias de grande porte para melhorar o escoamento da água da chuva e requalificar o canal da avenida. A intervenção inclui, ainda, pavimentação e construção de calçadas para melhorar o passeio de pedestres. O investimento foi de R$ 8,9 milhões.

– A obra de drenagem é importante para prevenir alagamentos e dar mais tranquilidade aos moradores, diante de fortes chuvas. Aqui, além das melhorias na infraestrutura, promovemos a pintura de murais de grafite para levar mais arte ao bairro – destaca o presidente da Fundação Rio-Águas, Wanderson Santos.

 

Entrega de obras do Bairro Maravilha da Estrada do Quafá – Marcelo Piu / Prefeitura do Rio

Poder público inaugura obras do Bairro Maravilha em Bangu

Em Bangu, a Prefeitura do Rio inaugurou as obras do Bairro Maravilha da Estrada do Quafá. A localidade recebeu drenagem de águas pluviais, rede de água potável e esgoto. Além disso, as oito ruas beneficiadas tiveram suas calçadas reconstruídas e ganharam pavimentação. Mais de 8,6 mil metros quadrados de área pública foram recuperados. Os investimentos na região chegaram a R$ 4,2 milhões.

Categoria:

  • 27 de setembro de 2023
  • Marcações: anel viário Campo Grande Estrada do Quafá Estrada do Tingui Prefeitura do Rio prefeitura do Rio de janeiro

    Leave a Reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *