Equipes do IFSP são destaque na Jornada Nacional de Foguetes 2023 – IFSP

Estudantes do Campus Sertãozinho conquistaram o segundo lugar nacional 

Três equipes de estudantes do Campus Sertãozinho conquistaram a medalha de ouro na 45ª Jornada Nacional de Foguetes. A competição foi realizada entre os dias 25 e 28 de setembro em Barra do Piraí – RJ e contou com a participação de 77 equipes de todo o Brasil. Participam da Jornada equipes de estudantes do ensino fundamental (do 6º ao 9º ano) e médio, que tiveram o melhor desempenho na Mostra Brasileira de Foguetes (MBFOG). 

A Jornada de Foguetes é uma olimpíada experimental, realizada pela Sociedade Astronômica Brasileira (SAB) em parceria com a Agência Espacial Brasileira (AEB) e com apoio do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). A competição consiste em construir e lançar, obliquamente, foguetes, a partir de uma base de lançamento, o mais distante possível. O foguete é construído pelos estudantes a partir de duas garrafas PETs e tem como combustível a mistura, em qualquer proporção, de vinagre e bicarbonato de sódio. 

A Equipe Aerospace, formada pelos estudantes Hendrus Santos de Souza, Hélio Vinícius Bizio Corrêa e Felipe Ramachoti Neves (todos do 2º ano do curso Técnico em Química Integra do ao Ensino Médio do Campus Sertãozinho), foi a 2ª colocada geral, com um lançamento que alcançou a marca de 425,7 metros, batendo o recorde nacional que era de 387 metros. Na competição, a equipe vencedora (do Sesi-Itapetininga) alcançou 475,7 metros, quebrando novamente o recorde. Essas duas equipes se tornaram as únicas do Brasil a alcançarem mais de 400 metros em lançamentos com esse tipo de foguetes. 

A Equipe Burning Wasp, formada pelos estudantes Pedro Bondezan, Gabriel Cardoso de Souza e Cairo Eduardo Lima Júlio (todos do 2º ano do curso Técnico em Automação Industrial Integrado ao Ensino Médio) alcançou 272 metros. Já a Equipe VIP, formada pelos estudantes Vinícius Pereira de Paula Sá, Isabela Caroline Silva Viana (ambos do 2º ano do curso Técnico em Química Integrado ao Ensino Médio) e Liriel Vitória Gomes Ferreira (2º ano do curso Técnico em Automação Industrial Integrado ao Ensino Médio) alcançou 264,4 metros. As duas equipes também ganharam a medalha de ouro na competição. 

O estudante Hélio Bizio comentou que a preparação para competição foi árdua, com muitos desafios e testes, buscando alcançar uma melhor metragem. Já o estudante Hendrus Santos destacou que a experiência foi gratificante, de muito aprendizado e de muito conhecimento ao “dar sentido mais prático à própria teoria que muitas vezes não é testada”.  

Para o professor de Física Ailson Cunha, orientador das equipes, o resultado foi excelente e reflete um longo trabalho e muito aprendizado: “são muitos conhecimentos envolvidos, seja de física, química, aerodinâmica etc. Esses estudantes estudaram muito, fizeram dezenas de testes, inúmeros lançamentos”. Além disso, destaca que essa pode se tornar uma carreira científica no futuro. “Muitos estudantes que participam da Jornada de Foguetes acabam seguindo a carreira aeroespacial, a qual demanda profissionais altamente especializados”, contou. 
 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *