Nova Iguaçu debate Plano Nacional de Proteção e Defesa Civil em Minas Gerais

Nova Iguaçu debate Plano Nacional de Proteção e Defesa Civil em Minas Gerais




Nova Iguaçu foi uma das cidades que representaram a Baixada Fluminense em um encontro regional promovido pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec) e a PUC-Rio. O workshop presencial reuniu representantes de municípios e estados da região sudeste e teve como objetivo debater a elaboração da proposta do Plano Nacional de Proteção e Defesa Civil. O evento foi realizado na semana passada, em Belo Horizonte – MG, e será promovido em todas as regiões do Brasil.

Destinado aos estados da região Sudeste, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo, o workshop, que aconteceu nos dias 5 e 6 de outubro, teve como objetivo promover o engajamento de representantes dos segmentos estratégicos do Sistema Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sinpdec), com ênfase nos cinco eixos da gestão de riscos e desastres, prevenção, mitigação, preparação, resposta e recuperação. Nova Iguaçu foi representada pelo secretário municipal de Defesa Civil, Jorge Ribeiro Lopes, e pelo superintendente de Defesa Civil, Vilson Santos do Nascimento Júnior.

O encontro foi voltado ao fortalecimento do processo participativo que ampara e norteia as ações e iniciativas do projeto. Durante a reunião foram debatidas diretrizes, estratégias e metas para a gestão de riscos e desastres no país, a serem implementadas em todo o território brasileiro.

“Vivemos um momento histórico. A primeira formulação do Plano Nacional de Proteção de Defesa Civil desde a edição da Lei nº 12.608, em 2012. Foi de extrema importância a nossa participação representando, juntamente com Japeri, a Baixada Fluminense no evento. Tivemos a oportunidade de contribuir nas proposições das diretrizes, das metas e dos indicadores das estratégias de Gestão dos Riscos de Desastres e de dividir experiências com outros representantes e gestores municipais, estaduais e acadêmicos de renomadas instituições do país”, disse o secretário Jorge Ribeiro Lopes.

Como programado para se repetir nos cinco workshops, um para cada região do país, o encontro contou com representantes do segmento governamental, instituições do terceiro setor, academia e da iniciativa privada. As diversas instituições que compõem o Sinpdec desempenham um papel fundamental, pois contribuem para a reflexão e compartilhamento de experiências e prioridades estaduais e regionais, tanto na prevenção, mitigação, preparação, como também na resposta e recuperação.

Sob a coordenação da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil do Ministério do Desenvolvimento Regional, participam também da elaboração pesquisadores da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), Universidade Metodista de São Paulo (UMESP) e Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB).

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *