Hospital Geral de Nova Iguaçu comemora o Dia das Crianças

Hospital Geral de Nova Iguaçu comemora o Dia das Crianças




​​​​A comemoração pelo Dia das Crianças já começou para os pacientes infantis do Hospital Geral de Nova Iguaçu (HGNI). Nesta quarta-feira (11), os pequenos participaram de uma ação, que teve distribuição de brinquedos, decoração, música, refeições temáticas e visita de personagens infantis. Ao lado dos seus pais e responsáveis, as crianças ganharam um alívio na rotina da internação com brincadeiras e momentos de diversão.

Os personagens Donald e Margarida, da Turma do Mickey Mouse, deram início às atividades passando por cada enfermaria convidando as crianças para brincar. Cada uma recebeu presentes, entre brinquedos, camisetas, livros para colorir, e ganhou uma refeição temática, específica para o Dia das Crianças. A comemoração também aconteceu na ala de emergência pediátrica, onde os pacientes infantis que aguardavam atendimento interagiram e foram presenteados pelas equipes do HGNI.

“A criança precisa estar bem acolhida para se sentir segura em uma unidade hospitalar. Como consequência, ela passa a aceitar melhor um medicamento ou um importante procedimento para seu tratamento. Então, buscamos criar essas iniciativas de humanização e acolhimento aos pacientes”, explica diretor-geral do HGNI, Ulisses Melo.

Para Alice Rodrigues, de 24 anos, a alegria que a filha Lara, de 2, teve ao ver os personagens infantis e participar das atividades foi capaz de, momentaneamente, melhorar o ambiente de internação.

“Achei interessante. Nunca vi isso em nenhum outro hospital. É bom para as crianças internadas, pois elas ficam tristes quando estão internadas, mas acabam encontrando em eventos desses uma distração, que também ajudam os pais e acompanhantes”, destaca ela.

Juan Victor dos Santos, de 12 anos, pôde sair da enfermaria em que está internado para celebrar o Dia das Crianças. Além de interagir com outras crianças, o menino também ficou feliz com os presentes.

“Foi uma boa sensação, gostei muito. Ganhei uma garrafinha, blusa, um caderno de pintar e um carrinho. Esses presentes vão me ajudar a passar o tempo no hospital”, conta ele.

“É bom porque distrai eles e também é uma atividade diferente. Achei muito interessante”, completa Shaiane dos Santos, de 30 anos, mãe de Juan.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *