Setor sucroalcooleiro tem maior participação nas exportações do agro de SP





Avanço decorre da alta das exportações do açúcar, além da valorização de 22,5% no preço médio da commodity



O setor sucroalcooleiro teve novamente a maior participação dentro das exportações do agronegócio paulista, de 35,3%, uma alta de 24,7% em valores e de 5,4% em volumes de vendas externas.

Os números referentes ao período de janeiro a setembro deste ano, foram apresentados pela Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios, com base nas pesquisas do Instituto de Economia Agrícola (IEA-APTA), ligado à Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado.

Esse avanço decorre da alta das exportações do açúcar (28,2% em valores e 4,5% em volume), além da valorização de 22,5% no preço médio da commodity no período. Já para o álcool (etanol), os embarques apresentaram elevações de 16,1% em volume e de 5,7% em valores.

O complexo sucroalcooleiro totalizou US$ 7,23 bilhões em exportações, sendo que o açúcar representou 86,9%, e o etanol, 13,1%.

Os principais compradores foram: China (11,3%), Nigéria (7,0%), Marrocos (6,1%), Índia (5,6%), Arábia Saudita (5,5%), União Europeia (5,1%), Bangladesh (5,0%), Coreia do Sul (4,7%), Argélia (4,4%) e Estados Unidos (4,3%).

O grupo composto pelo complexo soja ficou na segunda posição, com desempenho positivo nos embarques (+10,4%) e queda em valores (-2,2%).

O agronegócio no Estado de São Paulo teve superávit de US$ 16,62 bilhões entre janeiro e setembro deste ano, 7,5% superior em comparação ao mesmo período do ano anterior.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *