Prefeitura leva grupo de moradores da Rocinha para visitar exposição no Centro Cultural Banco do Brasil – Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro

Projeto leva moradores de comunidades para visitarem a cidade – Divulgação

A prefeitura do Rio promoveu nesta quinta-feira (19/10) um passeio com 45 moradores da Rocinha ao Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), no Centro do Rio. Nenhum deles conhecia o espaço.

A iniciativa faz parte do projeto Turistando com a Comunidade, coordenado pela Secretaria de Ação Comunitária. Durante o programa, o grupo teve a oportunidade de visitar a exposição “Tesouros Ancestrais do Peru”.

A mostra reúne 162 peças raras, que contam a história dos povos andinos. São objetos feitos de ouro, prata, cobre, cerâmica e tecido, que datam de 900a.C até o século XVII, alguns deles saíram do país vizinho pela primeira vez. Uma oportunidade de vivenciar um pouco da riqueza cultural e da sofisticação das civilizações na América Latina.

Carlos Pedro da Silva, um dos selecionados para o passeio, contou que mal conhece a cidade em que vive:

– É uma oportunidade de acesso à cultura. Muitas vezes não temos conhecimento pela desinformação ou por falta de condições de pagar transporte e alimentação para passear. Com esse projeto, é um universo que se abre pra gente.

Letícia dos Santos falou que gostou muito de conhecer uma parte da história da humanidade na exposição e que vai explicar um pouco do que aprendeu para os filhos:

– Não apenas vou contar o que vi pra eles, como vou tentar trazê-los para conhecer a mostra.

Já Fábio Souza elogiou a recepção ao grupo pelo CCBB e disse estar impactado:

– Por morar em comunidade e ter uma situação econômica diferente, a gente acha que não tem o direito à cultura. Fomos muito bem recebidos, independentemente de classe social, credo ou cor da pele.

 

Grupo do projeto Turistando com a Comunidade visita o CCBB – Divulgação

 

O projeto Turistando tem o objetivo de garantir a moradores de favelas e comunidades a oportunidade de conhecer locais que simbolizam a história, a arte e a cultura da cidade. Além de conhecimento, promove dignidade, igualdade de oportunidades, inclusão social, empoderamento, senso de pertencimento e, ainda, combate o estigma da segregação.

Lançado em dezembro de 2021, o Turistando com a Comunidade integra o Programa Favela com Dignidade e já beneficiou 2.660 moradores de 52 localidades com baixos índices de Desenvolvimento Social (IDS).

Desde a sua implantação, foram realizadas 109 visitas guiadas acompanhadas por guias turísticos, monitores e supervisores a pontos históricos e culturais do Rio, como o Museu do Amanhã, Museu de Arte do Rio, Cais do Valongo e o hotel Copacabana Palace. A meta da prefeitura é atender cerca de 300 moradores por mês.

Marcações: Ação Comunitária Favela com Dignidade Prefeitura do Rio prefeitura do Rio de janeiro Rocinha Turistando com a Comunidade

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *