Agência Minas Gerais | Produção mineira de sorgo cresce 84% e deve atingir 1,2 milhão de toneladas

A produção mineira de sorgo deve alcançar 1,2 milhão de toneladas na safra 2022/2023, com crescimento de quase 84% em relação à safra anterior. O resultado é motivado pelo aumento da área plantada e da produtividade, clima favorável e maior uso de insumos nas lavouras.  

O sorgo é um grão que pode substituir o milho na composição da ração, sem comprometer o desempenho do animal. Na análise do superintendente de Inovação e Economia Agropecuária da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), Feliciano Nogueira de Oliveira, o aumento da área cultivada se deve, em parte, à migração de áreas que eram anteriormente cultivadas com milho segunda safra. “O sorgo tem sido uma boa opção para o produtor, principalmente quando a janela de plantio do milho segunda safra está reduzida. Ele é resistente à escassez hídrica e tem um menor custo de produção”, explica o superintendente da Seapa. 

Vantagens

Além de ser mais tolerante à seca, a cultura do sorgo propicia melhor aproveitamento do solo, formação de palhada para o plantio direto da próxima safra de verão, maior quantidade de grãos para alimentação animal e mais renda por meio da comercialização da cultura plantada na entressafra.

Minas Gerais ocupa a segunda posição no ranking nacional do cultivo de sorgo. A área plantada na safra 2022/203 deve alcançar 337,6 mil hectares, com crescimento de aproximadamente 46%. Já a produtividade deve atingir 3.658 quilos por hectare, registrando 26% de aumento na comparação com a safra anterior. 

As regiões do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba respondem por cerca de 78% da produção estadual. Os cinco principais municípios produtores, em 2022, foram Uberaba, Guarda-Mor, Unaí, Patrocínio e Capinópolis. Em 2022, o VBP do sorgo foi de R$ 667,9 milhões, apresentando crescimento de 0,8% comparado ao ano anterior.

Crédito Rural

Na safra 2022/2023, foram destinados R$ 193,2 milhões, com aumento de quase 57% na comparação com à safra anterior para o custeio de lavouras de sorgo. Do valor total, cerca de R$ 883 mil foram destinados para o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). Em 2022, o Valor Bruto da Produção da cultura do sorgo foi de R$ 667,9 milhões, apresentando crescimento de 0,8% comparado ao ano anterior.

Exportação

No ano passado, Minas exportou 72 toneladas de sorgo, alcançando o valor de cerca de US$ 605,4 mil,  crescimento expressivo de 605% no valor e 625% no volume, comparado ao ano de 2021. Os destinos foram Venezuela, Bolívia, Paraguai, Angola, Burkina Faso, Argentina e Estados Unidos.

No acumulado de janeiro a agosto deste ano, Minas Gerais exportou 125 toneladas de sorgo para semeadura, alcançando US$ 556,7 mil. Os números representam crescimento de 236% no valor e 183% no volume, comparado ao mesmo período de 2022. Os destinos foram o Paraguai, Bolívia e Estados Unidos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *