Empresa vai explorar gás natural na Bacia do Paraná em Mato Grosso do Sul e Goiás – Portal do Governo de Mato Grosso do Sul

A Eneva Energia, uma das principais empresas do setor energético no Brasil, está expandindo seus negócios ao buscar oportunidades na Bacia do Paraná, uma região considerada uma nova fronteira para a produção de gás.

A companhia, em parceria com a Enauta, adquiriu quatro blocos na região (PAR-T-196, PAR-T-215, PAR-T-86, PART-99) por meio dos leilões realizados pela Agência Nacional do Petróleo (ANP) em dezembro de 2020.

A perspectiva da Eneva para a produção de gás na Bacia do Paraná é impulsionada pela demanda em potencial para abastecer projetos de produção de fertilizantes. Em uma coletiva de imprensa realizada na manhã de sexta-feira, (20), o CEO da Eneva, Lino Cançado, ressaltou a importância estratégica desses ativos para a empresa.

Essa iniciativa representa um marco, já que a Bacia do Paraná ainda não possui produção de gás em grande escala. A parceria entre a Eneva e a Enauta é fundamental para o sucesso desses empreendimentos, com a Enauta detendo 30% de participação nos ativos, fortalecendo ainda mais a presença das duas empresas na região.

Localizados nos estados do Mato Grosso do Sul e Goiás, os blocos adquiridos pela Eneva e Enauta estão estrategicamente posicionados próximos ao trajeto do Gasoduto Brasil-Bolívia (Gasbol), o que facilitará o transporte do gás produzido para outros mercados.

A previsão é que as atividades de perfuração de blocos exploratórios tenham início em 2025, marcando o início de uma jornada promissora na exploração de gás na Bacia do Paraná. Cassilandia, Paraíso das Águas, Camapuã, Ivinhema e Bataguassu são os municipios do Mato Grosso do Sul que estão nos blocos da Bacia do Paraná, licitados pela ANP.

Segundo o secretário Jaime Verruck, da Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação (Semadesc), esse empreendimento representa um passo importante na diversificação das fontes de energia no Estado e no Brasil e fortalece a posição da Eneva Energia como uma das principais players no setor energético.

“A Eneva, contribuirá para o desenvolvimento econômico, tecnologico e energético da região do Mato Grosso do Sul e Goiás. A empresa demonstra seu compromisso contínuo em buscar oportunidades de crescimento e inovação no mercado energético brasileiro, e aqui no Estado, será sem dúvida um grande parceiro do estado, dos empresários e principalmente das cidades, que passarão a receber os royalty do petróleo, que poderá ser usados no bem estar dos moradores destas cidades, como saúde, educação, é na inovação tecnológica, informou o secretário Jaime Verruck, da Semadesc.

Rosana Siqueira, Comunicação Semadesc
Foto: Arquivo

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *