Dia do Servidor: Fundação João Goulart investe no capital humano com cursos para os gestores municipais do Rio – Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro

Paulo Lehy Vieira de Mello é servidor da saúde – Fabio Motta / Prefeitura do Rio

A Prefeitura do Rio, por meio do Instituto Fundação João Goulart, promove a capacitação permanente de gestores e lideranças com foco em seu melhor capital: o servidor público, que comemora seu dia neste sábado (28/10). Com profissionais bem preparados, quem sai ganhando é a população, ao lidar com um atendimento menos burocrático e ter acesso a serviços de mais qualidade.

Gestores e líderes capacitados têm a tarefa de compartilhar os conhecimentos com suas equipes. Mas, para que mais profissionais tenham acesso a cursos e palestras que fazem a diferença no trabalho, neste mês de outubro a FJG promoveu o Festival Servidor, evento com muitas atividades voltadas a todos os funcionários municipais e também a estudantes com interesse no funcionalismo público. Foram mais de duas mil inscrições em 20 tipos de capacitações.

Agente de vigilância em saúde, Paulo Lehy Vieira de Mello, de 53 anos, aproveitou o Festival Servidor para aprender sobre temas que ajudam no seu dia a dia profissional, com os colegas de equipe e até no contato com o público. Desde 2011 na Secretaria Municipal de Saúde, ele atua no controle de endemias e, entre outras funções, visita residências para identificar e eliminar focos do mosquito da dengue.

– Vi pelas redes sociais a oportunidade do Festival Servidor e me inscrevi em várias palestras, todas com foco em gestão, no trabalho interpessoal, que ajudam a melhorar nossa comunicação, o trabalho em equipe. Com esses cursos percebo minha melhora como pessoa e profissional. Trabalho numa equipe multidisciplinar, com médicos, dentistas e agentes de saúde. Tem ainda a população, preciso saber me comunicar bem com todo mundo – conta o servidor.

Paulo é aluno de graduação em gestão em saúde pública e, para ele, é fundamental estar sempre em busca de aperfeiçoamento:

– Busco sempre a melhoria profissional, até para alcançar novos níveis dentro da minha carreira como servidor. Fiz, por exemplo, o curso de gestão da inovação, que fala justamente do impacto das novas tecnologias usadas pela Prefeitura, como isso afeta o público e o nosso trabalho.

Desde 2021, a FJG ofereceu cerca de 10 mil vagas de capacitação e promoveu mais de 20 projetos transversais para incubar iniciativas inovadoras de servidores. O desenvolvimento dos profissionais é baseado em quatro categorias de capacitações: Gestão Básica, Aprimoramento em Gestão, Gestão e Transversalidade e Liderança Carioca, sendo essa exclusiva dos servidores de carreira do Programa Líderes Cariocas. Todo o processo é baseado no desenvolvimento de competências essenciais de gestão, e tudo é monitorado por meio do Portfólio de Capacitação e Desenvolvimento, da Política Carioca de Desenvolvimento de Gestores.

Além dos programas mais estruturados, como cursos e formações de mais de 100 horas, o instituto promove experiências de diversos tipos, como seminários, palestras e congressos, voltados a servidores públicos tomadores de decisão – gestores com cargo comissionado e que lideram projetos ou pessoas e integrantes do Programa Líderes Cariocas. E, em outubro, o Festival Servidor abriu uma janela a qualquer funcionário municipal interessado em aprender.

 

Foco  em gestão pública efetiva e diversa

A FJG tem duas formações importantes com enfoque em gestão pública efetiva e diversa. A primeira é o Programa Líderes Cariocas, política pública com enfoque no desenvolvimento de lideranças para incentivar o alto desempenho, impactar na qualidade das políticas públicas e reduzir custos com burocracia, a partir de profissionais com muita experiência, inclusive em práticas inovadoras. O Programa tem 11 anos e já formou 406 Líderes Cariocas, sendo que alguns deles chegaram ao comando de pastas da Prefeitura.

 

Bruna Santos Miceli atua no Plano Diretor – Fabio Motta / Prefeitura do Rio

 

A gerente de instrumentos do Plano Diretor,  Bruna Santos Miceli, de 37 anos, é uma Líder Carioca e, todo mês, por meio do programa de desenvolvimento, faz cursos de gestão. O mais recente foi sobre comunicação não violenta no trabalho.

– Esse é um assunto que posso colocar em prática no trabalho. Ajuda a chegar a respostas mais inteligentes e assertivas para a cidade. O líder quando está diante de uma questão nova precisa dar a informação certa, que o cidadão necessita. Diante de uma reclamação, por exemplo, precisa agir de forma correta.

Outro curso que Bruna aprovou é o de redes sociais na carreira do gestor que, segundo ela constatou, é algo novo e que veio para ficar:

– O curso ajuda o servidor a se posicionar, a gerar valor, a mostrar a gestão pública para o cidadão. Fiz outro curso inovador, o de cidades inteligentes e o setor público, que é mais um tema muito atual na Prefeitura.

A outra formação oferecida pelo instituto é o Rio Liderança Feminina, um programa inovador devido ao enfoque na autoliderança e no protagonismo de mulheres na gestão pública. Ele valoriza um sistema de reconhecimento de práticas que impactem na equidade de gênero e apoia homens e mulheres na gestão de equipes, processos e projetos relevantes para a cidade, de forma diversa e inclusiva. A iniciativa está em sua segunda turma e formou 46 gestoras, que agora podem disseminar, desenvolver e liderar políticas públicas sobre a equidade de gênero na cidade. Atualmente são 50 gestoras em processo de formação, com previsão de término em março de 2024.

 

Doze mil formados em 11 anos

De janeiro de 2021 à primeira quinzena de outubro de 2023, a FJG contabilizou 5.688 gestores públicos ou Líderes Cariocas em capacitações. Ao longo de 11 anos de existência do instituto foram quase 12 mil formados. O investimento tem impacto direto no dia a dia do cidadão, afinal são esses gestores que participam de processos de aquisição de serviço, por exemplo. Eles buscam soluções que mudam a vida das pessoas, pensam em políticas e projetos públicos mais adequados à população.

 

Conhecido como Jacaré, servidor municipal abraça a cidade e comemora 60 anos de trabalho na Prefeitura

Categoria:

  • 28 de outubro de 2023
  • Marcações: Dia do Servidor Festival Servidor FJG Instituto Fundação João Goulart Prefeitura do Rio prefeitura do Rio de janeiro

    Leave a Reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *