Agência Minas Gerais | Governo de Minas e CVC lançam pacotes especiais de viagem para o Carnaval da Liberdade 2024

Com o objetivo de atrair mais turistas e reforçar Minas Gerais como um dos principais destinos de Carnaval do Brasil, o Governo de Minas lançou, nesta sexta-feira (10/11), em parceria com a CVC Corp, pacotes especiais de viagem para o Carnaval da Liberdade 2024 em Belo Horizonte e cidades históricas. A parceria, inédita, tem como objetivo atrair foliões e conectar as rotas de um dos maiores carnavais de rua do país, gerando empregos e renda, além de fortalecer a economia da criatividade em Minas Gerais.

A novidade foi apresentada pelo governador em exercício Professor Mateus, acompanhado pelo secretário de Estado de Cultura e Turismo (Secult), Leônidas Oliveira, nesta sexta-feira (10/11), durante a Festuris, em Gramado (RS).  

“Fico muito feliz em saber que, pela primeira vez, temos Belo Horizonte sendo vendido como destino na CVC. Sei que nós somos um grande mercado emissor, mas quero que Minas seja um grande mercado receptor também. Vamos passar a vender o Carnaval de Belo Horizonte como um pacote dentro da CVC, o que vai mudar a realidade do carnaval na capital. E teremos isso também com as cidades históricas”, ressaltou Professor Mateus.

Os produtos turísticos contam, por exemplo, com ofertas com saídas de várias cidades do Brasil, especialmente São Paulo e Rio de Janeiro, incluindo pacotes turísticos promocionais aéreos e rodoviários com hospedagem e café da manhã em hotéis da Savassi e do Centro de BH. Entram na lista, ainda, duas regiões da capital mineira que concentram vários blocos carnavalescos, e visita de um dia a Ouro Preto, tradicional reduto da folia mineira. Na cidade barroca, os turistas terão um guia acompanhante.

“É muito importante para o nosso Carnaval essa parceria com a CVC. Surpreendentemente, durante a época carnavalesca, 67% dos hotéis ficam ocupados. Em Belo Horizonte, temos fins de semana, dias de semana e períodos onde a ocupação é muito maior, mas não temos nenhuma atividade. A meta que estabelecemos com a Secretaria de Estado de Comunicação Social (Secom) é a de aumentar em 30% a chegada dos turistas. Trazendo pessoas de fora, o Carnaval fica reconhecido, e a venda para o Brasil e a América é excelente para nossa economia e para divulgação da marca Minas”, enfatizou Leônidas de Oliveira.

Os pacotes turísticos também funcionam como porta de entrada para inúmeros turistas que virão com o objetivo de curtir o Carnaval e poderão conhecer melhor o estado. Com isso há a possibilidade de voltarem a Minas Gerais para conhecer outros destinos como, Brumadinho, com destaque para o Instituto Inhotim, além das cidades com arquitetura colonial. 

“O Carnaval de Belo Horizonte foi ganhando cada vez mais força; não temos apenas dois carnavais no Brasil. Já temos pacotes para período em BH e, a cultura, quando está de braços dados com turismo, traz mais recheio para que as pessoas tenham ainda mais apetite para viajar e ficar no destino”, destacou o diretor de Produtos da CVC, Rodrigo Galvão, que falou também sobre a parceria com o Estado neste lançamento.

“Somos muito próximos do Governo de Minas. Mandamos mais de 80 mil passageiros para MG, gerando mais de R$ 75 milhões para o estado. Então, temos uma participação muito importante. Além disso, rodoviários têm mais de mil lugares para o ano que vem, não só para as cidades históricas, mas para a capital também”, complementou.  

Em 2023, o Carnaval atraiu cerca de 10 milhões de foliões em todo o estado e movimentou aproximadamente R$ 1,5 bilhão, o que representa mais geração de empregos e renda, além do fortalecimento da economia da criatividade em Minas Gerais.

Incentivo

Em outubro, o Governo de Minas e a Cemig lançaram o edital “Carnaval da Liberdade Cemig 2024”, somando R$ 5 milhões em investimentos. O edital vai contemplar projetos artísticos com temática carnavalesca já aprovados na Lei Estadual de Incentivo à Cultura ou que irão se inscrever no mecanismo.

As inscrições são gratuitas e serão encerradas às 23h59 do dia 30/11/2023. Podem participar pessoas físicas e/ou jurídicas (com ou sem fins lucrativos), blocos, blocos caricatos, grupos e bandas de marchinhas e escolas de samba.

Marcelo Barbosa / Imprensa MG


Na Cozinha

Em um dos momentos da Festuris, Professor Mateus cozinhou com o chef Felipe Rameh. Eles fizeram um pão de queijo com pernil. O momento foi uma oportunidade única em que os visitantes experimentaram os sabores da cozinha mineira, a partir da união de dois experientes conhecedores do tema. 

Durante o evento, o governador em exercício e o chef Rameh compartilharam alguns dos segredos da gastronomia de Minas, além de explicarem sobre os ingredientes e o processo de preparação da receita.

Como acompanhamentos, o café foi moído e coado na hora, foram selecionados queijos, servidos broa e dadinho de chuva com doce de leite, além de vinhos e azeites mineiros que vêm tendo crescimento significativo de produção em Minas Gerais.

Caipiblue

Ainda na Festuris, foi comemorado o sucesso do Caipiblue – I Festival Internacional da Cozinha Mineira Contemporânea – Caipiblue, promovido em setembro deste ano, no Circuito Liberdade, em Belo Horizonte, em parceria com o Governo de Curaçao.

O brinde foi feito com o drink que combina a cachaça mineira com Curaçau Blue (licor de laranja típico da ilha) e o Xarope de Manjericão com alecrim, preparado pelo bartender Leo Gomes da Cachaçaria Lamparina. Além do Caipiblue, Gomes também serviu um coquetel com café e o Expresso Mineirinho, composto por cachaça branca e licor de café.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *