Prefeitura atende 2.153 pessoas em Santa Cruz com o programa Favela com Dignidade – Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro

A Comunidade Cesarão recebeu os atendimentos do programa Favela com Dignidade, neste sábado – Divulgação

A Prefeitura do Rio levou o programa Favela com Dignidade à Comunidade Cesarão, em Santa Cruz, neste sábado (25/11), e atendeu 2.153 pessoas. Diversas secretarias e órgãos municipais participaram da ação conjunta, promovida pela Secretaria de Ação Comunitária.

A Secretaria de Saúde vacinou contra covid-19 (dose bivalente) e influenza, além de oferecer vacinas de rotina para crianças, adolescentes e adultos. A equipe de enfermagem fez testes rápidos para detecção de sífilis, HIV e hepatite, além de testagem para identificar casos de tuberculose, com a primeira amostra a ser coletada durante a ação.

Ainda na tenda dedicada à Saúde, o público foi orientado sobre a prevenção das doenças sexualmente transmissíveis (ISTs), com oferta de preservativos feminino e masculino e recebeu informações sobre cuidados com a saúde. As crianças receberam dicas sobre higiene oral e praticaram a escovação correta dos dentes orientadas por profissionais, e se divertiram com o Zé Gotinha e com o personagem do mosquito da dengue.

As crianças receberam dicas sobre higiene oral – Divulgação

 

Os agentes de Vigilância em Saúde alertaram sobre os cuidados para prevenção da dengue, chikungunha e zika e apresentaram os programas antitabagismo e de práticas terapêuticas para prevenção e recuperação da saúde disponíveis nas unidades de saúde da região. O evento contou ainda com atendimento de auriculoterapia e com atividades físicas orientadas por profissionais do programa Academia Carioca, que também fizeram captação de novos alunos.

A Secretaria de Trabalho cadastrou pessoas interessadas no banco de oportunidades de emprego, e a Secretaria de Habitação fez a inscrição no Minha Casa, Minha Vida. A Secretaria de Assistência Social prestou atendimento social, deu orientações sobre o CadÚnico e sobre os serviços ofertados pelo Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) da região. Pessoas acima de 60 anos receberam informações sobre o passe interestadual para gratuidade em viagens de ônibus.

Já a Secretaria de Educação falou sobre matrículas escolares para 2024, sobre o PEJA (Projeto de Educação de Jovens e Adultos) e reuniu a garotada para contação de histórias e outras atividades lúdicas. A Secretaria da Pessoa com Deficiência prestou esclarecimentos sobre os direitos das pessoas com deficiência e divulgou os serviços realizados nos Centros Municipais de Referência da Pessoa com Deficiência.

As tendas do Procon Carioca e da Secretaria de Proteção e Defesa dos Animais estavam entre as mais procuradas. A primeira para registros e orientações sobre problemas de consumo e a segunda para inscrições para a castração de cães e gatos e vacinação de animais contra raiva.

Foi grande também a procura pelos serviços prestados pela Fundação Leão XIII, que concedeu isenção para a segunda via de certidões de óbito, nascimento, divórcio e casamento, além de habilitação para casamento comunitário. O Detran-RJ recebeu pessoas interessadas em agendar a 1ª e 2ª via de carteira de identidade. A Defesa Civil levou maquetes de casas para falar sobre moradias seguras, e a Fundação Parques e Jardins distribuiu mudas de plantas e ensinou como mantê-las.

O evento contou com a presença do secretário de Ação Comunitária, Chiquinho Brazão, do subsecretário Roberto Peçanha e do chefe de gabinete, Professor Uoston, além da equipe técnica da secretaria.

Além dos serviços prestados durante a Ação integrada, a Prefeitura promoveu melhorias na região, como a limpeza do Canal Três, no trecho entre a Avenida Cesário de Melo e a Rua Vinte e três, a substituição de lâmpadas, operação tapa-buraco e poda de árvores. Os serviços foram executados pela Fundação Rio-Águas, Rioluz, Secretaria de Conservação e Comlurb.

O Favela com Dignidade tem o objetivo de garantir e facilitar o acesso aos serviços públicos à população que vive em comunidades com menores Índices de Desenvolvimento Social, proporcionando melhores condições de vida aos moradores dessas localidades. Implantado em 2021, o programa já promoveu 23 ações comunitárias conjuntas, levando 31.053 mil atendimentos diretos.

Marcações: atendimento Comunidade Cesarão Favela com Dignidade Prefeitura do Rio Santa Cruz Serviços

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *