Agência Minas Gerais | Campeões mineiros dos Jeb’s embarcam para o XXVII Campeonato Sul-Americano Escolar

Minas Gerais vai ter três campeões dos Jogos Escolares de Minas Gerais (Jemg/2023) e dos Jogos Escolares Brasileiros (Jeb’s/2023) no XXVII Campeonato Sul-Americano Escolar a ser disputado em Santiago, no Chile, entre os dias 3 e 9/12.

Carlos Eduardo Pereira Alquimim e Gabriel Felipe Correia dos Santos, ambos do município de Japaraíba, na região Central, vão participar de provas de atletismo, enquanto Airton Pacífico Júnior, de Varginha, no Sul do estado, será o representante mineiro na natação. Eles chegam a São Paulo no próximo domingo e embarcam para a capital chilena com o restante da delegação brasileira na segunda-feira, dia 4/12.

Professor Júnior / Arquivo Pessoal 

Carlos Eduardo é aluno da Escola Estadual Padre Pedro Lamberti e vai competir no salto com vara. Em 2023, ele obteve a classificação automática no Jemg na prova para a competição nacional, e de quebra ainda levou o ouro nos 100m com barreiras na competição estadual. Já no Jeb’s ficou com a medalha de ouro na prova em que é especialista e que o qualificou a ir para o Chile. E nela, ele acredita no pódio.

“Ano passado eu fiquei na altura de 3,30m no salto com vara, e esse ano fui lá no Jeb’s e passei a altura de 3,70m. Bati minha marca, me classifiquei e vou para o Chile. Agora a expectativa é conseguir uma altura em torno de 4m, 4,10m, vou dar meu máximo mesmo, vamos com fé. Se Deus quiser vai dar certo e vamos ganhar”, afirmou o estudante-atleta de 14 anos.

Seu conterrâneo Gabriel é estudante-atleta da Escola Municipal São Simão. Ele vai em busca de mais uma conquista no hexatlo depois de se tornar bicampeão no Jemg, em 2023, e de ter subido ao lugar mais alto do pódio na etapa nacional também neste ano.

“Minha preparação para os Jogos Escolares Sul-Americanos está sendo muito boa, com esforço e treinos. Minha expectativa é boa, espero trazer a medalha de ouro para casa, conhecer um novo país e fazer novas amizades”, destacou o garoto de 13 anos.

Quem é entusiasta do esporte escolar no município de Japaraíba é o professor Júnior Antônio Lopes. Ele não escondeu a satisfação pela convocação dos estudantes-atletas para o Sul-Americano e falou sobre a preparação.

“Recebemos a notícia com muita alegria e satisfação, entendendo que o esporte pode mudar a vida e criar oportunidades incríveis para os estudantes-atletas. O Sul-Americano é uma prova disso. Os treinamentos já estão a todo vapor. Nossa expectativa é que as marcas obtidas nos Jogos Escolares Brasileiros sejam ainda melhores, e que, consequentemente, obtenhamos os títulos”, destacou.

Natação

O terceiro representante mineiro no Chile será o nadador de Varginha Airton, de 14 anos, estudante-atleta do Colégio Batista. Ele chega ao Sul-Americano para competir nos 50m e 100m borboleta e nos revezamentos 4x50m livre e 4x50m medley. Airton conquistou o ouro nas provas dos 50m livre, 50m e 100m borboleta no Jemg 2023, além do ouro nas provas dos 50m borboleta e 100m borboleta no último Jeb’s.

CBDE / Arquivo

“Estou super feliz. Acabei de chegar do Brasileiro onde obtive o resultado de primeiro lugar em uma das provas que vou disputar no Sul-Americano. Vai ser minha primeira viagem internacional e vamos lá tentar dar o melhor”, vibrou.

O professor Vagner Sartini também vibrou pela oportunidade de seu aluno e afirmou que ele tem um grande potencial.

“O Airton tem um grande talento que já surgiu desde o ano passado. Nós temos feito um trabalho que ele tem aceitado bem e isso está trazendo grandes resultados. Os 100m borboleta é uma prova que esse ano ele não perdeu ainda e a gente está na torcida para que se concretize agora no Sul-Americano. Que ele consiga ganhar essa prova e traga mais uma conquista para o Brasil”, completou Sartini.

Rede de apoio

O professor Júnior, de Japaraíba, não deixou de agradecer o Governo de Minas pela oportunidade recebida por seus alunos, já que o Jemg é promovido pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social de Minas Gerais (Sedese-MG), em parceria com a Secretaria de Estado de Educação (SEE), com execução técnica da Federação de Esportes Estudantis de Minas Gerais (Feemg).

“Quero agradecer a Feemg e ao Governo de Minas por permitirem o acesso desses jovens a uma competição tão importante. É um conjunto de pessoas atuando para o melhor resultado. Cada detalhe faz essa gigantesca diferença e nossa expectativa é bem alta, com chances reais de conquista de medalha”, concluiu.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *