Prefeitura de Cuiab | Bem-Estar Animal realizou mais de 900 castraes este ano e prev ampliar atendimento

A Secretaria Adjunta de Bem-Estar Animal, vinculada à Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, já registra 2.184 atendimentos realizados em 2023, dos quais 914 correspondem à castração de pets (cães e gatos). Além disso, foram recebidas 376 denúncias, efetuados 251 resgates e liberados 338 animais por meio da adoção consciente, além de outros 205 atendimentos diversos. A expectativa para 2024 é ampliar o número de atendimentos com a descentralização das ações em diferentes regiões da Capital e viabilizar um espaço maior para abrigar a sede da Bem-Estar Animal. O trabalho desenvolvido tem chamado a atenção de gestores de outros municípios que desejam se espelhar para implementar ações semelhantes.

Apesar de o número de denúncias (376) quase se igualar ao total de resgates efetuados (351), isso não significa necessariamente que toda denúncia resulte em resgate de animal. Há um processo envolvido e critérios que precisam ser seguidos para que o animal seja levado pela Bem-Estar Animal.

“As denúncias envolvem animais acidentados, abandonados e vítimas de maus tratos. Nosso trabalho consiste em identificar o tutor do animal e notificá-lo para resolver a situação. Não havendo essa possibilidade, o animal é resgatado como medida para cessar seu sofrimento e proporcionar qualidade de vida com os cuidados necessários de alimentação e saúde até que se recupere e possa ser adotado”, explicou o secretário adjunto da Bem-Estar Animal, Ademir Germinaro.

Atualmente, a Prefeitura de Cuiabá possui uma clínica veterinária que realiza os atendimentos, incluindo a castração. O procedimento é realizado em todos os animais adotados. No caso dos pets adultos, já são disponibilizados castrados, e os filhotes recebem uma guia de autorização para realizar a castração quando atingirem a idade permitida, a partir de três meses de vida. A castração é uma alternativa acessível e disponível também para a população de baixa renda cadastrada nos programas sociais, protetores e cuidadores de animais. Mensalmente, são destinadas cerca de 70 castrações para atender esse público por meio da clínica conveniada com a Prefeitura de Cuiabá. Além disso, são realizadas cirurgias em geral e atendimento clínico.

“No início de novembro, fomos procurados pelo secretário municipal de Meio Ambiente de Tangará da Serra, Vinícius Lançone, que, acompanhado de sua equipe, conheceu as dependências da Bem-Estar Animal em Cuiabá, bem como o trabalho desenvolvido pela Prefeitura de Cuiabá em prol da causa animal por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano Sustentável, através da Secretaria Adjunta de Bem-Estar Animal. O propósito foi conhecer o funcionamento e os atendimentos oferecidos na Capital para que sirvam de modelo. Ao final da visita, elogiaram o comprometimento da gestão Emanuel Pinheiro em favor da causa animal, que beneficia os cidadãos de baixa renda, protetores e cuidadores de animais”, lembrou o secretário municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano Sustentável, Renivaldo Alves do Nascimento.

Um trabalho de conscientização em relação aos maus tratos também marcou as ações de 2023. A ação junto à população tem acontecido paralelamente às feiras de adoção, com o objetivo de promover os cuidados e a adoção consciente, pois os animais podem viver por muitos anos ao lado de seus donos.

Projetos futuros preveem a ampliação do atendimento em diferentes regiões de Cuiabá, com o objetivo de auxiliar as famílias e coibir o abandono. “Os animais se reproduzem muito rapidamente, aumentando significativamente o número populacional nas ruas. Em alguns casos, as famílias tentam se livrar das ninhadas procurando quer seja ou abandonam em bairros distantes quando ainda não são filhotes, ou em pontos onde sabem que alguém possa adotar. Assim, a castração pode ajudar em ambos os casos. A ideia é evitar a procriação, não vejo outra alternativa”, explicou Germinaro.

O secretário também destaca que a existência de um ambulatório na Bem-Estar Animal faz toda a diferença, pois muitas das demandas poderiam ser realizadas sem sobrecarregar a clínica conveniada. Há uma urgente necessidade de providenciar um local específico para a Bem-Estar Animal, já que ocupa o espaço da Unidade de Vigilância em Zoonoses. Esse local seria mais amplo para abrigar os animais que viverão para sempre no canil. “São animais que não podem ser adotados porque exigem cuidados vitalícios. Alguns são afetados por doença, outros por falta de mobilidade ocasionada por maus tratos. Enfim, são casos especiais que preferimos que permaneçam aqui porque conhecemos suas deficiências e teremos a certeza de que estão recebendo os cuidados necessários”, ponderou o secretário.

Atualmente, existem 98 animais na Bem-Estar Animal, mas grande parte deles está em preparação para ser adotada. Já está prevista uma feira de adoção para o início de janeiro, contando com boa parte deles à procura de um lar acolhedor.

EXPOSIÇÃO DE ANIMAIS ESPECIAIS

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano Sustentável, por meio da Secretaria Adjunta de Bem-Estar Animal, e a Associação Lunaar (Luta e União de Amigos para Animais em Risco), em parceria com o Shopping Pantanal, realizaram entre os dias 16 de novembro e 16 de dezembro uma exposição fotográfica de 10 animais especiais no 2º piso do Shopping Pantanal. O objetivo foi dar visibilidade à causa animal e atrair pessoas dispostas a adotá-los definitivamente.

Alguns dos animais despertaram interesse das pessoas que se cadastraram para pleitear a adoção. O resultado ainda não foi divulgado devido à análise do cadastro.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *