Escola de Formação da GCM de Sorocaba inicia treinamento de guardas para atuar em Boituva e Laranjal Paulista – Noticias

Fotos: Carlos Sales

Por: Luís Gustavo Adabro

A Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria de Segurança Urbana (Sesu), realizou solenidade para oficializar o início do curso que vai capacitar 44 guardas municipais, para atuarem nas cidades de Boituva e Laranjal Paulista, além dos GCMs de Sorocaba que ingressaram na classe especial por meio de concurso interno. O ato, na manhã desta segunda-feira (22), ocorreu na sede da Escola de Formação, Aperfeiçoamento e Especialização (Efae) da Guarda Civil Municipal (GCM) de Sorocaba.

O Curso de Formação Básica para GCM, mediante convênio assinado com as Prefeituras dessas localidades, prosseguirá até o dia 12 de junho, totalizando 800 horas de aula. São 37 guardas de Boituva, sete de Laranjal Paulista e mais seis da classe especial da GCM de Sorocaba, que receberão ensinamento técnico-profissional, necessário ao exercício do ofício da função, seguindo matriz curricular da Secretaria Nacional de Segurança Pública, para formação básica em Segurança Pública para Guardas Municipais.

“A formação em Segurança Pública constitui hoje uma necessidade de âmbito nacional. Ela deve estar baseada no compromisso com a cidadania e a educação para a paz articulando-se, permanentemente, com os avanços científicos e o saber acumulado. Torna-se necessário identificar e propor modalidades concretas de realização e aprimoramento das práticas educacionais nesta área. Nesse sentido, Sorocaba é referência regional na formação de GCMs”, aponta o secretário da Sesu, Alexandre Caixeiro.

Também esteve presente o comandante da GCM de Sorocaba, Davi Dutra e o subcomandante da GCM, Regis Alonso. Representando a GCM de Boituva, participaram do evento o comandante Ayr Daniel Paschoal Grillo, além do subcomandante Ismael Ferrari e, representando Laranjal Paulista, esteve o subcomandante Marcos Moreira.

“A Matriz Curricular Nacional para a Formação das Guardas Municipais tem o objetivo de enfatizar a atuação das Guardas Municipais na prevenção da violência e criminalidade, destacando o papel dos Municípios, assim como estabelecer diretrizes e princípios que norteiem a atuação das GCMs no País, respeitando e considerando as especificidades regionais”, explica o comandante da GCM de Sorocaba, Davi Dutra.

Sobre a Efae

A Efae, no ano passado, graduou 38 guardas civil para atuar em quatro cidades da Região Metropolitana: Pilar do Sul, Capela do Alto, Salto de Pirapora e Iperó. A solenidade de formatura de formatura foi no auditório do Parque Tecnológico de Sorocaba (PTS).

Durante o treinamento, os GCMs recém-formados participaram, inclusive, de estágio em plantões de polícia e atuaram em eventos no município de Sorocaba, como a Festa Junina Beneficente e o Dia das Crianças, sempre supervisionados por instrutores, a fim de colocar em prática os ensinamentos adquiridos em sala de aula.

A Efae adota um modelo moderno de ensino em Polícia Administrativa de Aproximação e Proteção Comunitária, com corpo docente composto por instrutores próprios e convidados, cada qual com excelência de conhecimento e notório saber na disciplina que ministra. A unidade opera na Rua Gustavo Ângelo Alvarenga, 634, Jardim Ana Maria, espaço que foi totalmente revitalizado, neste ano, e que conta com instalações modernas e adequadas para o treinamento de guardas civis municipais de Sorocaba e região.

Segundo o regimento interno da GCM, é principio fundamental da Efae, dentre outros, a formação acadêmica com primazia e zelo, além do berço da boa e ilibada norma de conduta da Corporação. A Efae começou em 2003, como escola de formação, mas, antes disso, já atuava como Núcleo de Capacitação Técnica. Agora, estabelece-se como verdadeira Academia Metropolitana de Guardas Civis, conveniada à Polícia Federal e com respaldo de todas as demais forças policiais.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *