Prefeitura de Nova Iguaçu percorre borracharias e faz alerta sobre descarte irregular de pneus

Prefeitura de Nova Iguaçu percorre borracharias e faz alerta sobre descarte irregular de pneus




Agentes da Empresa Municipal de Limpeza Urbana de Nova Iguaçu (Emlurb) fizeram, nesta sexta-feira (9), uma ação de conscientização sobre a importância do descarte correto de pneus. A fiscalização, que é rotineira, desta vez contou com o apoio de uma equipe da Guarda Ambiental Municipal (GAM), órgão ligado à Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente (SEMAM). O objetivo foi percorrer borracharias da cidade para conferir o armazenamento dos pneus.

Segundo o presidente da Emlurb, Alexander Bento Rezende, a ação conjunta foi motivada pelo aumento do número de denúncias da população relacionadas a este tipo de estabelecimento. Ele acredita que o fato se deve à preocupação com o crescimento de casos de dengue.

“O número de denúncias aumentou 100%. Esta semana, em apenas dois dias, foram quatro registros. Com as notícias sobre a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da Dengue, Chikungunya e Zika, muitas pessoas estão mais atentas aos possíveis focos dessas doenças”, explica Rezende.

A ação desta sexta-feira teve apenas cunho educativo. O objetivo é orientar os borracheiros a armazenarem os pneus de forma adequada e não permitirem o acúmulo de água. Quem desejar descartá-los deve fazer a solicitação diretamente ao fornecedor ou então levá-los até o ecoponto da Emlurb, na Rua Fluminense, em Austin. Somente no ano passado, o endereço recebeu 21.600 pneus, 20% deles retirados dos chamados pontos viciados, ou seja, descartados anteriormente de forma inadequada.

“Foram mais de 4 mil pneus retirados das ruas da cidade em 2023. Este ano a dengue está em alta, o que nos faz redobrar os cuidados com o descarte irregular. Nosso objetivo é conscientizar o maior número de pessoas para que tenhamos mais pneus no ecoponto e menos nos pontos viciados”, alerta o presidente da Emlurb.

Um dos endereços verificados foi o da borracharia de Pedro Pozino, 62 anos, na Rua Cuba, no bairro Rancho Novo. Borracheiro há 25 anos, ele reconheceu que deixou a desejar no armazenamento dos pneus, que estavam expostos ao tempo e com água acumulada, e garantiu que aprendeu a lição.

“Recebi as orientações da equipe da Emlurb e imediatamente retirei a água dos pneus e os coloquei ao abrigo da chuva. Esta ação é muito importante, pois a dengue este ano veio com tudo. O poder público está fazendo a parte dele, que é trabalhar e orientar. Então a população também precisa cooperar”, recomenda o borracheiro, que prometeu levar seus pneus sem serventia para o ecoponto da Emlurb.

Os locais percorridos nesta sexta-feira receberão visitas da Emlurb nos próximos dias. Caso seja flagrada nova situação irregular, os responsáveis serão notificados e poderão ser multados. De acordo com o último balanço da Secretaria Municipal de Saúde (SEMUS), Nova Iguaçu já notificou 578 casos de dengue este ano. Deste total, 261 foram confirmados até quinta-feira (8). Até o momento, não há registros de mortes pela doença. A taxa de incidência está em 103,83 por 100 mil habitantes.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *