Mutirão de Empregos edição especial “Pessoas Com Deficiência (PCD)” proporciona cerca de 2.000 vagas de trabalho aos participantes

Fotos: Michelle Alves

Por: Luís Gustavo Adabro

O 24º Mutirão de Empregos Sorocaba “Edição especial vagas para PCD”, realizado nesta terça-feira (27), no Parque Tecnológico de Sorocaba (PTS), disponibilizou cerca de 2.000 vagas de trabalho aos participantes no local. O evento é realizado pela Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria de Relações do Trabalho e Qualificação Profissional (Sert), com o apoio da Secretaria de Governo (Segov), da Secretaria de Comunicação (Secom) e do PTS.

Ao todo, foram atendidas mais de mil pessoas, sendo que número muito próximo foi encaminhado para as vagas de emprego e, ainda, alguns candidatos para mais de uma oportunidade de trabalho. Além das vagas oferecidas pelo PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador), pelas agências e empresas, que somaram mais de 55 presentes no evento, também foram feitas inscrições para o curso de Inglês na Universidade do Trabalhador, Empreendedor e Negócios (Uniten), em parceria com o Senac, e para o curso de Elétrica, disponibilizado pela Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL).

Por se tratar de uma edição especial, com vagas para PCDs, os participantes que estavam em busca de vagas sem essa especificação também puderam experimentar como é a luta das pessoas com deficiência na busca por uma oportunidade no mercado de trabalho. “Recebi o convite para participar da dinâmica, assim que cheguei ao evento. Foi um teste bem desafiador e diferente, porém, tive todo o apoio necessário das equipes que trabalham no Mutirão. Foi uma experiência incrível, que demonstrou empatia pelos deficientes visuais”, relata Camila Shinmoto, de 34 anos.

“Fui muito bem atendida pela equipe do PAT, assim como nas agencias de Recursos Humanos. A estrutura do evento atendeu a todos nós, inclusive pra mim que tenho paralisia espástica. Acredito que serei chamada para alguma dessas tantas vagas disponibilizadas aqui no ‘Mutirão de Empregos Sorocaba’ e poderei conseguir meu primeiro trabalho”, ressalta a jovem Jamile França, de 19 anos.

Já Lenilda da Cruz Módulo, de 51 anos, há um mês está fora do mercado de trabalho e foi encaminhada para fazer uma entrevista como auxiliar de limpeza. “Apesar de o evento ser voltado para o público PCD, também há vagas de empregos para outros perfis, assim como essa que me candidatei. Parabéns a todos os envolvidos na organização deste mutirão em que se preocuparam em fornecer encaminhamento das vagas de empregos à todas as pessoas”, disse.

Durante o evento, a equipe organizadora do “Mutirão de Empregos Sorocaba” esteve empenhada em auxiliar a todos os presentes, principalmente os PCDs. Deficientes visuais eram acompanhados pelos monitores, bem como os deficientes auditivos, que puderam contar com o apoio de uma tradutora de Libras capacitada, que acompanhou cerca de 20 pessoas desse público durante toda a programação do evento.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *