Agência Minas Gerais | Boas práticas desenvolvidas pelo Núcleo de Acolhimento Educacional são compartilhadas em encontro virtual 

Os psicólogos e assistentes sociais que atuam em conjunto nas escolas da rede estadual de ensino de Minas Gerais compartilharam, entre os dias 4 e 8/3, experiências bem-sucedidas no desenvolvimento de atividades do Núcleo de Acolhimento Educacional (NAE) da Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG). Durante os encontros, eles puderam refletir sobre os pontos importantes e os desafios nesse processo, assim como os impactos positivos que vêm alcançando no processo de ensino-aprendizagem.

O encontro, realizado de forma virtual, reuniu cerca de 250 profissionais de todas as 47 Superintendências Regionais de Ensino (SREs). Na ocasião, foram apresentadas diversas ações desenvolvidas durante o ano de 2023, como acolhimento aos estudantes e familiares, rodas de conversa, busca ativa de alunos, workshops, palestras, entre outros.

Organizado em dez encontros separados por grupos de Superintendências, além de compartilharem práticas bem-sucedidas, os participantes puderam conhecer as equipes que compõem o NAE em todo o estado. Nos encontros foi possível avaliar a compreensão dos profissionais quanto à função que desempenham dentro das equipes, recolher informações sobre as dificuldades e limitações de cada SRE/NAE para a inserção das atividades na comunidade escolar e levantar as necessidades mais recorrentes apontadas pelas equipes.

A coordenadora de Temáticas Especiais e Transversalidade Curricular da SEE/MG, Rosália Diniz, destaca que, dentre as ações desenvolvidas, pode-se destacar duas muito importantes: a relação intersetorial com Conselho Tutelar, Centros de Referência da Assistência Social (Cras), Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), Unidades Básicas de Saúde (UBS), entre outros, e a aceitação da gestão escolar perante o trabalho desenvolvido pelos núcleos. 

“Hoje eles se configuram como pessoas permanentes para um bom desenvolvimento da educação. Eles conseguem também, agora, aproximar um pouco mais as famílias do território escolar, trazendo a rede intersetorial para apoiar as ações nas escolas  e auxiliar nos encaminhamentos necessários para aqueles estudantes mais vulneráveis, ou de alguma situação de violação de direito”, afirma Rosália.

Sobre o Núcleo de Acolhimento Educacional

Os Núcleos de Acolhimento Educacionais atuam sob a perspectiva do trabalho coletivo, dentro das escolas, além de se articularem com outras políticas intersetoriais. Este trabalho desempenha um papel crucial na promoção dos processos de aprendizagem, concentrando-se no desenvolvimento integral dos estudantes numa abordagem inclusiva.

Formados por psicólogos e assistentes sociais, esses núcleos têm a responsabilidade de implementar ações que contribuam para o processo de ensino-aprendizagem, apoiem as escolas no aprimoramento do processo pedagógico buscando prevenir e mitigar problemas educacionais, além de orientar a equipe gestora na mediação de conflitos e fornecer direcionamentos para criar um ambiente propício à aprendizagem.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *