Prefeitura realiza ‘Dia D’ para vacinação contra dengue e Influenza neste sábado

Neste sábado (30), a Prefeitura de João Pessoa mantém os três pontos móveis para vacinação com as doses que protegem contra Influenza, para grupos prioritários, e dengue, para crianças e adolescentes na faixa etária de 10 a 14 anos. O ‘Dia D’ de mobilização faz um alerta para prevenção e considera também a previsão de redistribuição dos imunizantes para outros municípios em emergência por dengue, determinado pelo Ministério da Saúde (MS).  

“A ação visa atrair e promover a prevenção desse público, que ainda não procurou os serviços de saúde antes do envio das doses para outros municípios, que estão em estado de alerta e emergência para dengue. Portanto, neste sábado, estamos promovendo o Dia D, com esse chamamento e convocação para quem ainda não iniciou o esquema vacinal”, esclareceu Fernando Virgolino, chefe da Seção de Imunização da Prefeitura de João Pessoa.  

A vacinação acontecerá nos seguintes locais: no Home Center Ferreira Costa, às margens da BR-230, das 8h às 16h; no Shopping Tambiá, com equipes atendendo no período das 9h às 16h; e no Shopping Sul, no bairro dos Bancários, com assistência no período das 10h às 16h.  

A prevenção tem o objetivo de reduzir o risco de infecção sintomática, hospitalizações e da morbimortalidade pela doença. Desde quando começou a campanha de vacinação contra a dengue, os profissionais de saúde da Capital já vacinaram 11.681 pessoas com a primeira dose do imunizante. A segunda dose deve ser administrada com intervalo de 90 dias entre elas. Caso a criança ou adolescente tenha sido diagnosticado com dengue, é necessário aguardar seis meses para iniciar o esquema vacinal.

Além da vacinação, o combate aos focos do mosquito Aedes aegypti nos espaços públicos e dentro das residências é fundamental e um outro cuidado que continua sendo prioritário é o uso do repelente. “Temos feito um trabalho intensivo de chamamento e alerta desse público específico. Contamos com a compreensão e parceria dos pais e responsáveis para que leve essa criança ou adolescente a uma sala de vacina e inicie o esquema de proteção contra o vírus da dengue”, complementou Fernando Virgolino.  

Proteção contra dengue – A vacina é recomendada para crianças e adolescentes de 10 a 14 anos, com o esquema composto de duas doses, em intervalo de três meses entre as doses. Caso o usuário tenha contato com a doença antes da vacina é recomendado aguardar seis meses para o início do esquema vacinal com a vacina dengue (atenuada). Caso a infecção ocorra após o início do esquema, não há alteração no intervalo entre D1 e D2, desde que a D2 não seja realizada com o período inferior a 30 dias do início da doença.  

Proteção contra Influenza – Já contra a gripe, a vacina inicialmente está sendo administrada apelas para pessoas que fazem parte do grupo prioritário. São elas: Crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias), trabalhadores da saúde, gestantes, puérperas (aquelas mulheres que estão no período de até 45 dias após o parto), professores do ensino básico e superior, povos indígenas, idosos com 60 anos ou mais de idade, pessoas em situação de rua, profissionais das forças de segurança e salvamento, profissionais das Forças Armadas e pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, pessoas com deficiência permanente, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário para passageiros urbanos e de longo curso, trabalhadores portuários, população privada de liberdade e funcionários do sistema de privação de liberdade, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas.  

Vacinas de urgência – Já o Centro Municipal de Imunização, localizado no bairro da Torre, estará aberto durante todos os dias do feriadão, no período das 8h às 12h, exclusivamente para vacinação antirrábica humana e a vacina dT (difteria e tétano) para pessoas que tiveram alguma exposição para doença, com alguns tipos de acidentes com perfurocortantes. Já no caso da antirrábica, são para pessoas que foram mordidas por cães e gatos não vacinados ou, ainda, por morcegos.  

Documentação – Para vacinação contra a dengue, basta o usuário levar a Caderneta de Vacinação e um documento oficial. Para Influenza, é necessário levar, além do cartão de vacina, os documentos comprobatórios de cada grupo. Os profissionais que se enquadram na ampliação dos grupos prioritários deverão apresentar documento de identificação com foto e comprovante (declaração, carteira do conselho de classe ou contracheque) de vínculo com a empresa ou instituição onde atua. Já pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais deverão apresentar laudo médico.  

Saiba os locais para vacinação neste sábado (30) em João Pessoa: 

Home Center Ferreira Costa

Apenas as vacinas que protegem contra dengue e Influenza

Horário: 8h às 16h  

Shopping Tambiá

Apenas as vacinas que protegem contra dengue e Influenza

Horário: 9h às 16h

Shopping Sul

Apenas as vacinas que protegem contra dengue e Influenza

Horário: 10h às 16h  

Centro de Imunização (aberto aos sábados e domingos)

Exclusivamente para vacinação antirrábica humana e a vacina dT (difteria e tétano) de urgência

Horário: 8h às 12h

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *