Provas da Olimpíada das Escolas Estaduais começam segunda





Nos dias 6, 7 e 9 de maio, 760 mil alunos farão as provas da Omasp e concorrerão a 125 mil estudantes com medalhas de ouro, prata e bronze



As provas de matemática serão aplicadas a 760 alunos das escolas estaduais paulistas

Nesta segunda-feira (6) é comemorado o Dia Nacional da Matemática. Nesta data, a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (Seduc-SP) dá início à aplicação das provas da primeira Olimpíada de Matemática das Escolas Estaduais de São Paulo (Omasp). Os testes, que são a etapa decisiva para a premiação com 125 mil medalhas de ouro, prata e bronze, acontecem até a quinta-feira (9). As provas serão aplicadas a 760 alunos das escolas estaduais paulistas.

No primeiro dia, na segunda-feira (6), fazem a prova os alunos matriculados no 6º e 7º anos do Ensino Fundamental. No dia 7, terça-feira, será a vez dos alunos do 8º e 9º anos do Ensino Fundamental. No dia 9, quinta-feira, a prova da Omasp será destinada a estudantes das três séries do Ensino Médio.

Esta é a segunda fase da Omasp. Foram classificados para esta etapa, que antecede a entrega de medalhas, os estudantes com melhores notas na prova bimestral da Seduc-SP, a Prova Paulista.

“Estamos muito orgulhosos em promover essa Olimpíada de Matemática, inédita, própria e exclusiva para os estudantes da rede estadual de ensino. Nesta segunda fase, com uma prova que avalia o conhecimento de matemática por meio de questões de raciocínio lógico, 760 mil alunos concorrem às 125 mil medalhas de ouro, prata e bronze que serão distribuídas em grandes eventos regionais a partir do mês de junho. Essa é mais uma ação inédita da Educação que tem como objetivo descobrir talentos, valorizar o ensino de matemática e incentivar nossos estudantes a participarem das olimpíadas do conhecimento”, considera o coordenador da Omasp, Roberto Serra Campos Júnior.

Para todos os anos e séries, a prova da Omasp terá o mesmo formato: são 20 questões de múltipla escolha, de raciocínio lógico, e os estudantes terão 1h20 para concluir a avaliação. As provas serão acompanhadas por professores do quadro de cada unidade.

Como a Secretaria da Educação tem estudantes em três turnos, as provas dos estudantes que estão matriculados no período da manhã são diferentes das provas que serão aplicadas para aqueles que estudam à tarde e à noite, sucessivamente. No período da manhã, as provas começam às 8h, à tarde às 14h e, à noite, às 19h30.

Os resultados da Olimpíada devem ser anunciados até a segunda quinzena de maio. Os 125 mil estudantes com melhor desempenho receberão medalhas de ouro, prata e bronze, além de camisetas da Omasp.

Siga o canal “Governo de São Paulo” no WhatsApp:
https://bit.ly/govspnozap

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *