Equipe do Campus Campinas é selecionada para o Programa Power4Girls – IFSP

Projeto transforma resíduos de MDF em adubo orgânico, promovendo sustentabilidade e empoderamento feminino

A equipe do Instituto Federal de São Paulo (IFSP) Campus Campinas foi uma das 20 selecionadas para participar do Programa Power4Girls – Empower for Lead!, uma iniciativa da Embaixada e Consulados dos Estados Unidos da América no Brasil, em parceria com o Instituto Glória e o Conselho Nacional de Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif). O projeto “Maker ao Adubo”, desenvolvido por estudantes do curso Técnico em Eletrônica Integrado ao Ensino Médio, visa transformar resíduos de MDF em adubo orgânico, contribuindo para a sustentabilidade e o empoderamento feminino.

Maria Eduarda Paixão, uma das integrantes da equipe, expressou seu entusiasmo com o projeto: “O Power4Girls está sendo uma experiência maravilhosa, onde podemos aprender sobre sustentabilidade e reciclagem. Fazer parte de um projeto onde ajudamos nosso planeta e nossa sociedade a ser mais sustentável é emocionante e muito gratificante”.

O coordenador do projeto, professor Edson Anício Duarte, destacou a importância do Centro de Pesquisas (Cepin) e das tecnologias educacionais no desenvolvimento da criatividade dos alunos: “este é mais um dos frutos do Cepin, proporcionando às alunas do curso técnico darem vazão a suas criatividades engenhosas”.

O projeto “Maker ao Adubo” busca solucionar o problema do descarte inadequado de retalhos de MDF, frequentemente utilizados em espaços makers para a confecção de protótipos de madeira. A proposta envolve triturar os resíduos de MDF e misturá-los com borra de café, criando um adubo orgânico rico em nutrientes essenciais para o crescimento das plantas. Esse adubo pode ser utilizado em hortas escolares, comunitárias e urbanas, contribuindo para a sustentabilidade e reduzindo o volume de resíduos destinados a aterros.

Além de Maria Eduarda Paixão, a equipe é composta por Giovana Rocha dos Santos, Isadora Alves dos Santos e Maira Beatriz Linhares, todas orientadas pelo professor Edson Anício Duarte. O projeto está alinhado com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) 2 – Fome zero e agricultura sustentável, ODS 4 – Educação de qualidade, ODS 11 – Cidades e comunidades sustentáveis e ODS 12 – Consumo e produção responsáveis.

A proposta visa aproveitar 100% dos resíduos de MDF, minimizando o impacto ambiental e promovendo práticas de reciclagem e sustentabilidade. O sucesso do projeto pode beneficiar hortas escolares, comunitárias e urbanas, além de incentivar a prática de atividades científicas entre os estudantes.

Nesta edição, 215 projetos foram inscritos em todo o país, e as alunas do IFSP compõem uma das 20 equipes selecionadas para uma formação de seis meses. Durante esse período, as alunas e o professor participarão de reuniões semanais de mentoria, execução de atividades e aprimoramento das propostas.

Para mais informações sobre o programa, acesse Power4Girls.

 

Programa Power4Girls

O Programa Power4Girls – Empower to Lead! este ano selecionou 80 alunas do ensino médio da rede pública de 16 estados brasileiros para participar de uma formação interativa e inovadora que acontecerá entre maio e novembro de 2024. Promovido pela Embaixada e Consulados dos Estados Unidos no Brasil e implementado pelo Instituto Gloria, o programa visa fortalecer o empoderamento feminino através do desenvolvimento de habilidades empreendedoras, inovadoras, criativas e de liderança.

Durante o programa, as selecionadas formarão equipes compostas por quatro estudantes, um professor-orientador e um mentor. Elas participarão de diversas atividades, incluindo oficinas, palestras, webinars e atividades interativas online. O programa focará na criatividade e inovação, bem como no desenvolvimento e gestão de projetos. Neste ano, o tema central é “Economia Circular”, enfatizando a importância dos três Rs: Reduzir, Reutilizar e Reciclar.

O encerramento do programa ocorrerá em Brasília, no final de novembro. As participantes terão a oportunidade de apresentar seus projetos, receber certificados de participação e realizar um pitch final durante uma feira de inovação. Os três melhores projetos serão premiados no evento.

Desde o seu início, o Power4Girls já beneficiou 250 alunas e conta com a colaboração do Instituto Gloria, que foca no combate à violência de gênero, além do apoio institucional do Conif e diversas parcerias com instituições do setor privado que acreditam no poder do empoderamento feminino.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *