SES capacita profissionais das salas de vacinação para a população indígena de MS – Portal do Governo de Mato Grosso do Sul

A SES (Secretaria de Estado de Saúde), por meio da coordenadoria de Imunização, e em parceria com as coordenadorias de imunização do DSEI-MS (Distrito Sanitário Especial Indígena de Mato Grosso do Sul) e Sesau (Secretaria Municipal de Saúde de Campo Grande) realizam curso de qualificação em sala de vacina com o objetivo de capacitar os profissionais de saúde atuantes na vacinação para a população indígena de Mato Grosso do Sul. A capacitação teve início nesta segunda-feira (27) e segue até sexta-feira (1º), na UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul).

A coordenadora de Imunização da SES, Ana Paula Goldfinger, lembra que o estado possui a segunda maior população indígena do país e, para tanto, a SES tem um grande trabalho a ser desenvolvido.

“Nós iniciamos hoje junto ao DSEI-MS um curso em sala de vacina que visa qualificar o profissional de saúde atuante na vacinação para a população indígena. Esses profissionais serão qualificados e retornarão ao seu município com uma expertise, com aprendizado, com uma carga maior de conhecimento”.

Conforme a enfermeira do DSEI-MS e responsável pela pasta da imunização indígena no estado, Fernanda Molina, o curso tem o papel de padronizar os procedimentos executados pela equipe de enfermagem. “Nosso curso tem como público-alvo 40 profissionais, sendo eles técnicos de enfermagem e enfermeiros que atuam nos 14 polos do estado”.

O curso de sala de vacina faz parte do projeto MS Vacina Mais, idealizado pela SES, e que nesta oportunidade estabeleceu parceria com o DSEI-MS – órgão responsável por levar atenção primária aos povos indígenas aqui do estado.

Para o gerente de Imunização da SES, Frederico Jorge Pontes de Moraes, a expectativa é boa e estes profissionais retornarão aos seus territórios para colocar em prática os conhecimentos adquiridos.

“Ao longo da semana os profissionais receberão conhecimentos técnicos em relação à imunização, que abrange as boas práticas de imunização, calendário vacinal básico, cuidados com a Rede de Frio, entre outros temas relacionados”.

A programação segue até sexta-feira (1º), confira:

Segunda-feira – 27/11

MANHÃ

· 08:00 – Abertura (Coordenador Distrital DSEI-MS e Coordenadoria Estadual de Imunização)

· 08:30 – Pré-teste

· 09:00 – 09:30 – Intervalo

· 09:30 – 11:30 – Coberturas Vacinais DSEI-MS

TARDE

· 13:00 – 15:00 – SUS, História da vacina e Bases Imunológicas

· 15:00 – 15:30 – Intervalo

· 15:30 – 17:00 – Biossegurança

Terça-feira – 28/11 – Teórico

MANHÃ

· 08:00 – Calendário Vacinal da Criança no SUS – Elisângela

(Vacina BCG/ Vacina Hepatite B/ Vacina Oral Rotavírus Humano/ Vacina Inativada Poliomielite – VIP/ Vacina Oral Poliomielite – Vopb/ Vacina Pentavalente)

· 09:00 – 09:30 – Intervalo

· 09:30 – 11:30 – Calendário Vacinal da Criança no SUS – Frederico

(Vacina Pneumocócica 10 Valente/ Vacina Meningocócica C/ Conjugada Vacina Febre Amarela/ Vacina Hepatite A)

TARDE

· 13:00 – 15:00 – Calendário Vacinal da Criança no SUS – Elisângela

(Vacina Tríplice Viral (Sarampo, Caxumba e Rubéola) /Vacina Tetra Viral (Sarampo, Caxumba, Rubéola e Varicela) / Vacina Varicela/ Vacina Tríplice Bacteriana – DTP (Difteria, Tétano e Coqueluche) / Vacina Dupla Bacteriana – dT (Difteria e Tétano)

· 15:00 – 15:30 – Intervalo

· 15:30 – 17:00 – Calendário Vacinal da Criança no SUS – Frederico

(Vacina Meningocócica ACWY Conjugada/ Vacina Papiloma Vírus Humano – HPV/ Vacina Tríplice Bacteriana Acelular – dTpa (Difteria, Tétano e Coqueluche Acelular) / Vacina Influenza/ Vacina Pneumocócica 23 Polissacarídica)

Quarta-feira – 29/11 – Prático

MANHÃ

· 08:00 – Calendário Vacinal da Calendário Vacinal da Criança no SUS – Dinâmica do Quadro – Arlete e Sirlei

· 09:00 – 09:30 – Intervalo

· 09:30 – 11:30 – Estudo de caso (Verificação da Situação Vacinal) – Arlete e Sirlei

TARDE (TEÓRICO)

· 13:00 – 15:00 – Calendário Vacinal Adolescente, adulto, gestante e idoso – Frederico

· 15:00 – 15:30 – Intervalo

· 15:30 – 17:00 –Calendário Vacinal contra Covid-19 – Arlete e Sirlei

Quinta-feira – 30/1 – Teórico

MANHÃ

· 08:00 – Cuidados aplicáveis à rede de frio (Conceitos em Rede de Frio/ Câmaras Refrigeradas/ Cuidados com o refrigerador doméstico/ Cuidados com a bobina de gelo reutilizável/ Organização das Caixas Térmicas de Uso Diário/ Controle e monitoramento da temperatura/ Situações de emergência/ Gerenciamento dos Resíduos Serviços de Saúde) – Frederico

· 09:00 – 09:30 – Intervalo

· 09:30 – 11:30 – Boas Práticas em Sala de Vacina – Elisângela

· Procedimentos em sala de vacinação (Momento da triagem/ Preparo e administração dos imunobiológicos/ Processos do cuidado na administração da vacina, segundo a via de administração/ Cuidados na vacinação/ Registro de vacinação/ Acompanhamento pós-vacinação/ (Ao final do trabalho diário de vacinação/ Ao final do trabalho mensal de vacinação/ Cálculo de cobertura vacinal e indicadores de vacinação)

TARDE

· 13:00 – 15:00 – Responsabilidades do Enfermeiro da sala de vacinação/ Funções da equipe que trabalha na sala de vacinação/ Cuidados com a sala de vacinação/ O início do trabalho rotineiro na sala de vacinação) – Elisângela

· 15:00 – 15:30 – Intervalo

· 15:30 – 17:00 – Aula Prática de manipulação e aspiração de Imunobiológicos e montagem da caixa de vacina Dinâmica do acolhimento do usuário e rotina de administração de vacinação/ Excursão de Temperatura – Arlete e Sirlei

Sexta-feira – 1/12

MANHÃ

· 08:00 – ESAVI e Erros de Imunização, CRIE – Frederico e Elisângela

· 09:00 – 09:30 – Intervalo

· 09:30 – 11:30 – Sistemas de Informação (SIASI e Novo SI-PNI) – Sirlei e Arlete

TARDE

· 13:00 – 15:00 – Pós-Teste

· 15:00 – 15:30 – Intervalo

· 15:30 – 17:00 – Encerramento

MS Vacina Mais

Instituído em caráter provisório o Projeto ‘MS Vacina Mais’ estabelece os critérios e o fluxo para o repasse de incentivo financeiro estadual de custeio para o fortalecimento das ações de vacinação dos municípios em Mato Grosso do Sul.

A Resolução nº 112/2023/SES/MS, publicada no Diário Oficial no dia 7 de novembro, instituiu a Campanha de vacinação em Escolares, Gestantes e População de Difícil Acesso como fomento ao Pacto Nacional pela Consciência Vacinal e tem o intuito de fortalecer e expandir as ações de imunização, possibilitando a realização de estratégias que contribuam para a melhoria das coberturas vacinais, seja de vacinas ofertadas na rotina, assim como para campanhas de vacinação, estas para todas as fases da vida – multivacinação.

As atividades de vacinação envolvendo população indígena serão articuladas e executadas em conjunto com os Polos Bases de referência do município quando se tratar de população vivendo em terras indígenas.

Kamilla Ratier, SES
Foto: Divulgação SES

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *