Cão rejeitado após primeira adoção ganha um novo lar

Cão rejeitado após primeira adoção ganha um novo lar




Ellos foi devolvido um dia após ser adotado, mas caiu nas graças de casal que perdeu um cão há dois meses

Neste Dezembro Verde, mês que marca a campanha de conscientização que visa o combate ao abandono e maus-tratos contra animais, Ellos, um cão de raça indefinida, ganhou uma nova família. Ele foi um dos pets adotados nesta terça-feira (5), em mais uma Feira de Adoção de Cães e Gatos promovida pela Prefeitura de Nova Iguaçu. A edição, a oitava do ano, foi realizada no Top Shopping e terminou com a adoção de dez bichos de estimação.

Ellos tem apenas um ano e, como muitos animais desta idade, gasta energia aprontando muitas “artes”. Ele havia sido adotado em uma edição anterior à feira desta terça, mas, já no dia seguinte, foi devolvido por sua tutora por ser muito bagunceiro. Mas a “má fama” não foi motivo para que o motorista de aplicativo Joilson da Silva Pereira, 29 anos, e a confeiteira Joyce Fialho, 28, rejeitassem o cão. Cientes do cão arteiro que estavam decididos a levar para casa, eles garantiram que estão preparados.

“Perdemos um cão há dois meses. Ele era bagunceiro, fazia muita arte. A casa estava muito vazia, nossa filha também era muito apegada a ele. Então estamos acostumados com esta agitação e a adaptação vai ser boa. O cão é como uma criança que precisa de atenção e carinho”, contou o casal.

A administradora Andriele Cristina da Silva, 37 anos, e sua companheira, a dona de casa Ailla Matos, 40, também foram à feira em busca de um novo membro para a família. Mães de Albert, uma criança de 3 anos, elas adotaram duas gatas em apenas quatro dias, sendo uma delas nesta terça-feira.

“Adotamos uma gata que já estava doente e precisou ser internada. Nosso filho, que tem autismo, entrou em crise, então decidimos adotar mais uma gata para ajudá-lo. Estamos na torcida para que a Joaninha receba alta e volte para casa. Assim, vamos ficar com duas gatas”, disse Andriele.

A Feira de Adoção de Cães e Gatos é promovida pela Prefeitura de Nova Iguaçu, por meio da Assessoria Especial de Proteção Animal. Com mais esta edição, o município chega a 72 adoções de pets.

Para que as feiras sejam realizadas, a Prefeitura conta com protetores parceiros, que resgatam e cuidam dos animais até que eles estejam prontos para serem adotados. Eles são entregues já castrados e vermifugados, com exceção dos filhotes ainda com pouca idade para passar pelo procedimento. Estes são inseridos no serviço de castração gratuita da prefeitura, no ato da adoção, e castrados na idade apropriada. No ato da adoção, os novos tutores são cadastrados e monitorados nos meses seguintes. O objetivo é se certificar que o animal está sendo bem cuidado e levando uma vida saudável.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *