Prefeitura e Governo Federal oficializam faculdade do IMPA na cidade do Rio – Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro

O IMPA Tech funcionará no Porto Maravalley, hub de tecnologia desenvolvido pela Prefeitura – Fabio Motta/Prefeitura do Rio

O prefeito Eduardo Paes e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva participaram, nesta quarta-feira (6/12), do evento de credenciamento do Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA) como instituição de Educação Superior e a autorização para o início das atividades do IMPA Tech, o primeiro curso de graduação do instituto. A cerimônia foi realizada no Hotel Fairmont, em Copacabana, e também contou com as presenças dos ministros da Educação, Camilo Santana, e de Ciência e Tecnologia, Luciana Santos, do presidente do IMPA, Marcelo Viana, e do secretário municipal de Desenvolvimento Urbano e Econômico, Chicão Bulhões.

– A matemática pode ser mais gostosa quando se aprende corretamente, assim ela vira a matéria mais extraordinária na vida do aluno. Quando a pessoa tem chance, ela participa. Queremos que, da mesma forma que um estudante que tem condição de pagar uma escola privada tem oportunidades, quem não tem a mesma facilidade tenha a chance de sentar na mesma mesa e aprender a mesma coisa. Guardem na memória o dia 6 de dezembro de 2023, sobretudo vocês alunos. Atentem para o significado desse dia. O Brasil sempre tratou o investimento em educação como gasto. E quando falam que você está gastando muito, obrigam a cortar. E isso piora o ensino. É preciso que se tenha sensibilidade para isso não acontecer. Não tenho que favorecer ninguém. Eu tenho sim de dar oportunidade para todos. E é isso que estamos fazendo aqui – afirmou o presidente Lula.

Durante o encontro, foi celebrada a abertura do processo seletivo para o bacharelado em Matemática da Tecnologia e Inovação. O IMPA Tech funcionará no Porto Maravalley, hub de tecnologia desenvolvido pela Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Econômico (SMDUE). Na construção do espaço de 10 mil m2, o Município investiu cerca de R$ 37 milhões para a realização das obras e compra de mobiliário. A Prefeitura também está viabilizando a compra de mais de 60 apartamentos na região do Porto, que vão atender os alunos da primeira turma.

– O que vamos fazer com o IMPA Tech é pegar todo mundo no Brasil inteiro que tiver um bom desempenho e dar uma bolsa para estudar de graça aqui no Rio. A turma vai ficar hospedada na cidade e se formar em matemática. A molecada do Brasil que se esforçar, correr atrás, tiver talento, não importa a cidade em que estiver, vai ter uma grande oportunidade. Quando estive com o presidente Lula para apresentar diversos projetos e falei da faculdade da matemática, ele se emocionou, topou na hora – disse o prefeito Eduardo Paes.

O Governo Federal irá investir R$ 16,7 milhões somente no primeiro ano, totalizando R$ 55,9 milhões ao fim de quatro anos. Os recursos serão transferidos ao IMPA pelos ministérios da Educação e da Ciência, Tecnologia e Inovação. Os alunos terão, ainda, moradia, oferecida pela Prefeitura, e apoio financeiro. Gratuito e inovador, o IMPA Tech tem como objetivo capacitar até 100 estudantes no primeiro ano, e 400 ao longo de quatro anos, para entrar de forma efetiva no mercado de tecnologia e inovação. As aulas começam em 2024.

– Vamos fazer uma graduação que não só é gratuita, mas que também oferece auxílio, alojamento, alimentação, moradia e apoio aos estudantes. De modo que ela seja acessível a qualquer jovem do Brasil que seja qualificado por mérito para entrar nessa graduação. E vamos fazer funcionar essa graduação junto do centro de inovação que está sendo criado pela cidade do Rio, proporcionando uma sinergia da formação que será dada ao jovem e as necessidades que o Brasil tem em termos de conhecimento matemático aplicado à nossa realidade. A matemática é capaz de gerar muita riqueza. Estudos objetivos mostram que ela gera entre 15% e 20% de todo produto interno bruto de países como Reino Unido e França – declarou o diretor-geral do IMPA, Marcelo Viana.

Processo Seletivo

Para 2024, o concurso usará o desempenho dos estudantes em Olimpíadas do Conhecimento e no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Serão oferecidas até 80 vagas para alunos medalhistas do nível 3 (premiação nacional) da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP), promovida pelo IMPA; do nível 3 da Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM); das modalidades A ou B da Olimpíada Brasileira de Química (OBQ); dos níveis 2 ou 3 da Olimpíada Brasileira de Física (OBF); e da modalidade programação nos níveis 1 ou 2 (Ensino Médio) da Olimpíada Brasileira de Informática (OBI). De acordo com o edital, cada medalha garantirá uma pontuação diferente no processo de seleção do IMPA Tech.

– A matemática é muito interessante, ela está em todo o lugar. Se você olhar para a parede vai ver um ângulo de 90 graus. A matemática ajuda a explicar as coisas que estão ao meu redor e saber o que está acontecendo. Ela me ajuda a ter mais raciocínio lógico e pensar de forma mais analítica. O IMPA Tech será uma ótima oportunidade a todos os medalhistas e a todas as pessoas que se dedicam a cada dia em estudar matemática. Vai abrir muitas portas para os alunos. Espero que se torne uma das melhores instituições do país – disse a medalhista da OBMEP, Melissa Mariana Guedes de Souza, de 14 anos.

Outras 20 vagas serão disponibilizadas para candidatos com melhor desempenho em Matemática no ENEM.

As inscrições para a graduação devem ser feitas por meio do site impatech.impa.br até 28 de dezembro. De acordo com o ministro da Educação, Camilo Santana, o resultado será divulgado no dia 29 de fevereiro, e o início das aulas está previsto para o dia 2 de abril de 2024.

Marcações: curso IMPA IMPA Tech Instituto de Matemática Pura e Aplicada Matemática Porto Maravalley Prefeitura do Rio processo seletivo

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *