Participantes do SSP23 aprovam São José como cidade-sede

José Roberto Amaral


Secretaria de Inovação e Desenvolvimento Econômico

Relatório divulgado nesta segunda-feira (11) pelo LOC (Comitê Organizador Local) mostra que 93,4% dos participantes do SSP (Space Studies Program) aprovaram São José dos Campos como cidade-sede.

Maior evento de estudos espaciais do mundo, o SSP for realizado pela primeira vez no Brasil entre 26 de junho e 25 de agosto deste ano. Nesse período, São José recebeu 250 estrangeiros de cerca de 50 países diferentes, entre estudantes, professores e especialistas.

A pesquisa feita pelo LOC revela que 93,4% dos participantes ficaram satisfeitos ou muito satisfeitos com a experiência do evento na cidade. As acomodações oferecidas foram aprovadas por 80,3% e 78,9% apontaram São Francisco Xavier com a melhor opção turística de São José.

Os participantes estrangeiros (82,2%) também destacaram que se sentiram seguros na cidade e 82,2% dos entrevistados se sentiram satisfeitos com a variedade e qualidade das opções de restaurantes. Entre os participantes pesquisados, cerca de 60% esteve no Brasil pela primeira vez. O tempo médio de permanência foi de 38 dias na cidade.

O relatório também traz uma estimativa de recursos que foram injetados na economia do município durante as quase 9 semanas do evento: cerca de R$ 2,8 milhões, de acordo com o levantamento.

Durante o SSP23, a ISU (International Space University) já havia destacado que a edição brasileira também registou o recorde de público em um único evento. Cerca de 5.000 pessoas participaram do Painel de Astronautas, realizado dia 5 de julho na FarmaConde Arena.

“Dentre tantos impactos positivos que o SSP23 nos trouxe, eu destacaria a construção de relacionamentos sólidos, baseados na confiança e no respeito mútuo. Isso ficou evidente com os mais de 100 experts que visitaram São José dos Campos, conheceram nossas instituições e profissionais e confirmaram a seriedade de nosso trabalho, abrindo portas para muitas cooperações num futuro próximo”, disse a vice-diretora do Inpe e coordenadora do LOC, Mônica Rocha.

“O SSP selou, de maneira definitiva, a união das instituições realizadoras e apoiadoras, que aprenderam a somar suas competências para chegarem juntas, onde, sozinhas, não seria possível”, completou.

Sobre o SSP23 

Organizado pela International Space University, o SSP é considerado o maior evento de estudos do setor espacial do mundo, oferecendo o mais importante e completo programa de treinamento do setor. 

Realizado todos os anos em um local diferente ao redor do mundo, o evento ocorreu pela primeira vez no Brasil. Foi a 35ª edição.

O INPE e o ITA submeteram, em conjunto com a Prefeitura, a proposta para sediar o SSP 2023. 

O programa teve apoio do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, AEB (Agência Espacial Brasileira), DCTA (Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial) e Força Aérea Brasileira. 

Patrocinaram o SSP23 a Embraer, Visiona e Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo). 

 


MAIS NOTÍCIAS

Secretaria de Inovação e Desenvolvimento Econômico

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *