Prefeitura de Cuiab | Parceria com Embaixada da Frana no Brasil e UFMT abre oportunidade para estudantes da rede pblica Municipal

A secretária Municipal de Educação, Edilene de Souza Machado recebeu na tarde da última quinta-feira (15), a adida de Cooperação Educativa da Embaixada da França no Brasil, Hélène Ducret. Durante a reunião foi discutida a possibilidade de uma parceria envolvendo a Embaixada da França, a Universidade Federal de Mato Grosso e a Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria Municipal de Educação, para formação de professores no ensino da língua francesa.

Durante o encontro Edilene Machado contou que na Escola de Tempo Integral, EMEB Prof.ª Francisca Figueiredo Arruda Martins, localizada no bairro El Dourado é ofertado o ensino da língua inglesa para os 449 estudantes da Pré-Escola até os Anos Iniciais do Ensino Fundamental, 1º, 2º, 3º e 4º Ano, atendidos na unidade educacional.

“A ideia é de que possamos iniciar um projeto piloto, onde os professores formados por meio do programa da Embaixada Francesa, na Universidade Federal de Mato Grosso, possam fazer seu estágio nas Unidades de Tempo Integral ou que ofereçam atividades no contraturno”, explicou a secretária Municipal de Educação.

A princípio o projeto seria desenvolvido em duas unidades, as escolas municipais Prof.ª Francisca Figueiredo Arruda Martins e Prof.ª Maria Dimpina Lobo Duarte.

“Quando estabelecemos diálogos importantes como o que mantivemos com a representante da Embaixada da França no Brasil e a Universidade Federal de Mato Grosso, avançamos na implantação do ensino de línguas estrangeiras em nossas escolas, abrindo portas para que nossos estudantes acessem grandes oportunidades no Brasil e no mundo”, ressaltou Edilene Machado.

Hélène Ducret disse que a parceria visa melhorar e ampliar a cooperação educativa e linguística entre a França e o Brasil a nível federal, dos estados e das Secretarias Municipais de Educação responsáveis pela Educação Básica. “Os meninos pequenos tem a curiosidade em relação ao mundo e tem a capacidade de aprender muito e porque representam o nosso futuro. A cooperação educativa e linguística pode ser voltada à formação dos formadores, dos professores mediante formação a distância e também presencial no Brasil e na França, por meio de ciclo de formações. Esse eixo de cooperação abrange projetos pedagógicos e didáticos para ajudar os professores de francês que queiram fomentar iniciativas inovadores dentro das salas de aulas”, destacou.

Marta Covezzi, coordenadora do Curso de Graduação de Letras, Português e Francês da Universidade Federal de Mato Grosso disse que “a parceria pode proporcionar um aprofundamento na formação dos professores e, aos estudantes da rede pública municipal a de aprender mais um idioma”, salientou.

Participaram da reunião o diretor de Gestão Educacional, Marco Antônio Alves Braga, a coordenadora técnica de Ensino, Elijane Gonçalves Lopes, a coordenadora de Formação, Eliane Quinhone, o coordenador de Organização Curricular, Jairo Pereira de Souza e a presidente da Associação de Professores de Francês do Estado de Mato Grosso, Suze Silva Oliveira.

 

 

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *