Prefeitura de Cuiab | Prefeito Emanuel Pinheiro realiza dilogo nesta segunda (1) com profissionais e encerra paralisao de mdicos anestesistas

O prefeito Emanuel Pinheiro encerrou nesta segunda-feira (01) a paralisação de médicos anestesistas em curso durante a gestão do Gabinete de Intervenção à frente da Saúde da capital mato-grossense. A Prefeitura de Cuiabá retomou a administração da Saúde Pública nesta segunda-feira (1).

Em uma reunião realizada na tarde do primeiro dia do ano de 2024, o prefeito ouviu reclamações dos profissionais em relação a atrasos salariais durante a Intervenção. 

Emanuel garantiu o pagamento até o dia 12 de janeiro deste ano. Com isso, a paralisação foi encerrada. As conversas tiveram a participação de representantes do Conselho Regional de Medicina (CRM). 

“Um dos maiores orgulhos que tenho é que na minha gestão como prefeito nunca teve uma greve, a população cuiabana nunca foi prejudicada durante estes sete anos, e com apenas 9 meses e meio a Intervenção acabou por deixar os anestesistas do maior hospital do estado, que nós entregamos, pararem por falta de pagamento”, afirmou Emanuel. “Estou aqui hoje para articular o fim de uma greve”, completou o prefeito. 

Entre os profissionais em processo de paralisação estavam os médicos anestesistas, que atuam por meio da Cooperativa Dos Médicos Anestesiologistas do Estado de Mato Grosso (Coopanest) no Hospital Municipal de Cuiabá (HMC) e no Hospital São Benedito. 

A categoria dos anestesistas garantiu na Justiça o direito à greve, após tentativa do governo estadual de impedir a mobilização. Segundo representantes da categoria, o governo estadual através do Gabinete de Intervenção ignorou três ofícios da cooperativa solicitando a regularização dos débitos da folha salarial. 

Outra categoria em processo de paralisação, evitada pelo diálogo com Emanuel Pinheiro, foi a categoria dos cirurgiões pediatras, que também esperavam pela quitação da remuneração. Com relação a estes profissionais, também foi firmado o compromisso de pagamento no dia 12 de janeiro. 

O prefeito Emanuel Pinheiro determinou a nomeação de uma equipe de plantão formada pelo médico Anderson Torres e pelo especialistas no Sistema Único de Saúde (SUS), Osacarlino Alves. A equipe elaborou um relatório preliminar indicando problemas do Gabinete de Intervenção a serem sanados pela prefeitura de Cuiabá. 

“A ideia do conselho aqui é abrir um diálogo com o município e fazer a ponte entre as gestões municipais e estaduais, os profissionais de pediatria e anestesia nos procuraram para justamente fazer essa intermediação com o poder público”, afirmou o primeiro vice-presidente do CRM, ⁠Adriano Bastos Pinho. 

Além do prefeito Emanuel Pinheiro, participaram da reunião Edilson Odilon, adjunto Secretaria de Governo; ⁠Fausto Olini, secretário de comunicação; o ⁠médico Anderson Torres, da equipe plantonista para garantir o atendimento 24 horas; ⁠Osvaldo Mendes, segundo vice presidente do CRM-MT; ⁠Adriano Bastos Pinho, primeiro vice-presidente CRM-MT; o ⁠médico Carlos Augusto, integrante da CIPE do HMC e o ⁠médico Carlos Solcia, integrante da Coopanest. 

 

 

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *