Profissionais de Apoio Escolar e técnicos de enfermagem participam de formação para atendimento na Educação Especial do município – Noticias

Por: Évelyn Azevedo

Equipes de Apoio Escolar e técnicos de enfermagem que atuam no atendimento de alunos inseridos na Educação Especial, participam, até o dia 2 de fevereiro, de formação para o exercício das atividades durante o ano letivo. O cronograma de treinamento teve início nesta segunda-feira (22), no auditório da Faculdade Anhanguera, contando com diversas palestras ministradas por profissionais da área.

A Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria da Educação (Sedu) e com o suporte da sua Divisão de Educação Especial, participou das atividades. Contou com a presença da coordenadora administrativa da pasta, Izaura Mendes, que contribuiu com sua fala já no evento de abertura. O chefe de apoio à Educação Especial, Rafael Fernandes, e o chefe de divisão da Educação Especial, Marcos Abel dos Santos, também da Sedu, foram convidados a participar como palestrantes e abordaram, no primeiro dia da formação, aspectos relevantes sobre a inclusão dos estudantes no âmbito escolar, sobre a importância das formações e informações para tornar a rotina escolar cada vez mais inclusiva, promovendo também a conscientização da sociedade sobre este assunto.

a Secretaria da Educação através da Educação Especial esteve presente na formação, falando sobre inclusão na Rede de Educação Municipal também.

 

“A iniciativa proporciona conhecimentos valiosos para o bom desempenho junto à Educação Especial. Esses profissionais exercem um papel importante na promoção da inclusão, um fator que contribui para o processo pedagógico das nossas crianças. Uma equipe bem capacitada garante mais segurança e ensino de qualidade aos alunos”, concluiu o chefe de divisão da Educação Especial Marcos Abel dos Santos.

A programação segue com as atribuições até o dia 2 de fevereiro e faz parte da semana de capacitação da equipe, debatendo temas como Direitos da criança com deficiência (Legislação da Educação Inclusiva); Acolhimento familiar e os limites do profissional de apoio para com a família; Os desafios de promover a Educação Inclusiva no ambiente escolar; Bullying enfrentado pelas crianças com deficiência; Desordem Sensorial e seus comprometimentos e como agir no ambiente escolar; Participação de responsáveis de crianças com deficiência nos processos educacionais; A importância do esporte inclusivo dentro das escolas, entre outros.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *