Prefeitura do Rio entrega mais duas obras do programa Bairro Maravilha na Zona Oeste – Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro

O Bairro Maravilha leva às comunidades obras de pavimentação, reforma de calçadas e instalação de redes pluviais – Beth Santos/Prefeitura do Rio

A Prefeitura do Rio inaugurou, neste sábado (27/01), mais dois projetos do programa Bairro Maravilha, na Zona Oeste da cidade. As obras foram realizadas na Avenida Pau D’Alho e em outras 16 ruas da Carobinha, em Campo Grande, e nos loteamentos Roma I e II, em Santíssimo. O pacote de melhorias incluiu a instalação de rede de drenagem de águas pluviais, rede de água potável, construção de calçadas e pavimentação nas ruas. O prefeito Eduardo Paes, e os subprefeitos da Zona Oeste, Diogo Borba, e de Bangu, Robson Gomes, participaram das cerimônias de inauguração. Os investimentos nestas localidades totalizam R$ 18,2 milhões.

– É uma satisfação estar aqui hoje com vocês, ver as ruas pavimentadas e as calçadas reformadas. Também estamos avançando em outras obras aqui na região, como o Anel Viário e o Mergulhão de Campo Grande, além da obra do Lameirão, que já vai começar – afirmou o prefeito Eduardo Paes.

Dezessete logradouros da Carobinha foram revitalizados pelo programa de urbanização da Secretaria Municipal de Infraestrutura. Para melhorar o escoamento de água da chuva, a Avenida Pau D’Alho e ruas como Violeta e Girassol ganharam um novo sistema de drenagem. As equipes da Prefeitura também fizeram a implantação de rede de água potável, construíram calçadas e pavimentaram as vias da localidade para melhorar a circulação de pedestres e veículos. Mais de 21,6 mil metros quadrados de área pública foram recuperados.

Primeira parte das obras concluídas nos loteamentos Roma I e II

Os loteamentos Roma I e II também foram contemplados com as ações do Bairro Maravilha. Nesta primeira etapa das obras, nove ruas foram entregues aos moradores reestruturadas com drenagem, rede de água potável, calçamento e pavimentação, entre elas a Lourival Lima, São Bento e São João. Até o fim das obras, serão 21 logradouros revitalizados, em uma área de 23,4 mil metros quadrados. Uma praça também está sendo reformada e receberá a construção de um parque com jardins. A previsão é que os trabalhos sejam concluídos no segundo semestre deste ano.

Editais contemplados pela Secretaria de Cultura

Em seguida, o prefeito Eduardo Paes e o secretário municipal de Cultura, Marcelo Calero, receberam os contemplados nos editais Pró-Carioca Diversidade, Ações Locais e Viva o Talento, na Areninha Cultural João Bosco, em Vista Alegre, para distribuição dos certificados e apresentação de diretrizes de acompanhamento dos projetos.

– Quando transformamos as lonas em areninhas e colocamos edital na rua, queremos que vocês sigam com a missão mais nobre que existe neste país, que é propagar a cultura brasileira. Parabéns, que bom ver vocês espalhando cultura pelo Rio de Janeiro – disse o prefeito, dirigindo-se aos produtores culturais presentes no evento.

O Pró-Carioca, Programa de Fomento à Cultura Carioca, em sua linha Diversidade, distribuirá R$ 4 milhões entre projetos de Cultura Antirracista, Cultura LGBTI+ e as novas categorias: Cultura Religiosa, para valorizar as expressões artísticas da religião; e Cultura Sem Limites, para fortalecer o protagonismo artístico da pessoa com deficiência.

– Estamos aqui para fazer uma celebração do resultado desses editais. Selecionamos mais de 350 projetos que representam a cultura do Rio de Janeiro. Quase dois terços dos projetos são destinados às zonas Norte e Oeste, além da Pequena África e das favelas da Zona Sul, do Centro e da Tijuca – destacou o secretário de Cultura, Marcelo Calero.

Já o Viva o Talento selecionou artistas e produtores para apresentações ou exposições nos equipamentos culturais municipais ou outros espaços públicos definidos pela Secretaria Municipal de Cultura. São cinco categorias que recebem, juntas, um montante de quase R$ 2,7 milhões: ações de dança, educativas, música, de multilinguagem e para a infância.

Por fim, o Ações Locais retornou com sua metodologia consagrada, baseada na busca ativa de proponentes nos territórios e na relação de projetos com impacto sociocultural. São R$ 7 milhões para 137 propostas selecionadas ao todo, juntando as três categorias: Continuidade, Projetos e Organizações/Empreendimentos. Os três editais contam com recursos da edição de 2023 da Lei Federal Paulo Gustavo, que investe em arte e cultura e traz exigências para democratizar o acesso ao dinheiro público. A seleção feita por cada programa cumpriu com as porcentagens estipuladas ou ainda as superaram.

Patrimônio Cultural e vistoria na Cidade do Samba 

O prefeito Eduardo Paes entregou ainda a placa de Patrimônio Cultural Carioca ao Bar Ocidental, fundado em 1950, no Centro da cidade. Localizado na Rua Miguel Couto, no trecho conhecido como “Beco das Sardinhas”, é um dos mais concorridos no fim do expediente.

Ao final do dia, Paes e o presidente da Riotur, Ronnie Aguiar, vistoriaram os barracões da Cidade do Samba para conferir os últimos detalhes da produção para o Carnaval 2024. No encontro, eles conversaram com dirigentes, carnavalescos e representantes das 12 escolas de samba do Grupo Especial.

– As escolas estão muito bonitas, o trabalho foi muito bem feito e os carros estão gigantes. Vai ser um carnaval grandioso – destacou o prefeito Eduardo Paes.

 

Categoria:

  • 27 de janeiro de 2024
  • Marcações: Bairro Maraviilha Campo Grande obra programa zona oeste

    Leave a Reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *