Com 2 mil inscritos, prova do Voucher Desenvolvedor ocorre neste domingo em cinco cidades – Agência de Noticias do Governo de Mato Grosso do Sul

Com 2.245 inscritos, a prova escrita do programa Voucher Desenvolvedor será realizado neste domingo (28), das 9 horas ao 12h, nas cidades de Campo Grande, Corumbá, Dourados, Ponta Porã e Três Lagoas. Foram abertas 540 vagas, sendo 300 para Campo Grande, 90 para Dourados, 90 para Três Lagoas, 30 para Corumbá e 30 para Ponta Porã.

A prova será objetiva, de caráter eliminatório e classificatório. Para o candidato consultar o local da realização da prova basta acessar o endereço: www.fapec.org/concursos. A avaliação terá 30 questões  de múltipla escolha, sendo apenas uma correta., nas áreas de conhecimento: Língua Portuguesa e Raciocínio Lógico. Serão escolhidos 400 estudantes da Rede Estadual de Ensino e 140 profissionais que desejam atuar no setor.

Desenvolvido pela Semadesc (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação), em parceria com a SED (Secretaria de Educação) e Fecomércio (Sistema da Federação de Comércio), o Voucher Desenvolvedor faz parte do programa “MS Qualifica”, que visa justamente capacitar profissionais para atender a demanda do mercado. As inscrições ficaram abertas de 21 de novembro até 19 de janeiro. 

O curso que deve começar em março vai dispor de 17 turmas, com duração de 16 meses, dispondo de uma carga horária de 1.200 horas. Os estudantes da Rede Estadual precisam estar no mínimo no 2º ano do Ensino Médio. Eles vão se formar como técnicos em desenvolvimento de sistemas e software.

Para desenvolver o programa, o Governo do Estado firmou nova parceria com a Fecomércio, por meio do Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial). Está previsto que os melhores alunos já vão dispor de estágio depois de seis meses de curso. Para desenvolver o programa, o Governo do Estado firmou parceria com a Fecomércio, por meio do Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial).

“Compromisso que a gente tem com o desenvolvimento do Estado e a formação da nossa população, em especial aos alunos da Rede Estadual de Ensino. Identificamos esta demanda no mercado, que precisa de profissionais capacitados neste setor. Eles dispõem de uma renda mais elevada como desenvolvedores, programadores de software em geral, que é uma atividade importante no Estado”, afirmou o governador Eduardo Riedel.

O secretário da Semadesc, Jaime Verruck, se surpreendeu com a grande procura pelo programa. “Ficamos surpresos com este nível de demanda que tivemos. Estas 2,2 mil pessoas passam pelo processo seletivo, para definirmos o perfil adequado. Assim que os cursos começarem ficaremos atentos ao mercado, se tiver vagas disponíveis vamos dar sequência ao programa”, destacou.

Comunicação do Governo de MS (com informações da Semadesc)
Foto Capa: Bruno Rezende (governador no lançamento do programa)

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *