Primeiro concerto do ano será em homenagem ao Dia Internacional da Mulher

A Orquestra Sinfônica Municipal de João Pessoa (OSMJP) realiza, nesta sexta-feira (8), o I Concerto Oficial da Temporada 2024. O evento acontece no Centro Cultural São Francisco, a partir das 19h, sob a regência do maestro Nilson Galvão, e será de homenagens às mulheres no dia dedicado a elas.

“Estamos retornando à série de concertos da Orquestra Sinfônica Municipal, sempre realizando no interior do Museu de São Francisco, um ambiente de extrema importância arquitetônica e cultural para a cidade de João Pessoa. Desta vez, homenageando todas as mulheres porque entendemos que a mulher ocupa um lugar especial não apenas na sociedade, mas, sobretudo, na arte, na cultura e na cultura musical”, afirma o diretor executivo da Funjope, Marcus Alves.

Ele ressalta que o Brasil tem um histórico de belíssimas compositoras, intérpretes de música instrumental. “Com justiça, resolvemos fazer essa homenagem a todas as mulheres neste dia 8 de março. Agradeço ao maestro, aos nossos músicos, musicistas e, sobretudo, ao padre Marcondes Meneses pela acolhida que sempre dá ao nosso projeto”, acrescenta.

O maestro Nilson Galvão também comemora a realização do primeiro concerto do ano. “Estamos muito contentes de, mais uma vez, retornarmos à cena da música de concerto da cidade de João Pessoa. Inclusive, foi interessante porque, nos meses de janeiro e fevereiro, recebi muitas mensagens das pessoas perguntando quando haveria concerto. Acredito que o público está nessa expectativa”, inicia o maestro Nilson Galvão.

Ele ressalta que será um concerto especial em homenagem ao Dia Internacional da Mulher e, por conta disso, contará com uma presença feminina marcante. “Na primeira parte do concerto vamos fazer árias de óperas para soprano com a soprano paraibana Izadora Chacon, de trechos de óperas bem famosas como Madame Butterfly, Gianni Schicchi, La Traviata. Estas são consideradas as mais belas árias e teremos uma mulher lá na frente como protagonista”.

Na segunda parte, a Orquestra vai tocar a Sinfonia nº 1 em Dó Menor, da compositora alemã Emilie Mayer, que escreveu muitas obras, inclusive seis sinfonias, e que foi muito tocada no início do século XX. Ela morreu em 1883, mas a obra continua viva após sua morte.

“A partir dos anos 1940 ela foi muito esquecida e teve um retorno recente nos anos de 2010. Uma ONG francesa chamada Composer trata de fazer reedições de partituras de mulheres compositoras e nós, inclusive, pegamos o material dessa sinfonia nesse site, falando um pouco sobre essa questão de ela ter sido esquecida”, comenta o maestro.

Ele lembra que, nos últimos dez anos, foram feitas gravações de sua obra. “Tem meio que um reavivamento e nós entramos nesse caminho de fazer o público conhecer. De fato, eu conhecia muito pouco dela e essa sinfonia eu não conhecia. Foi legal porque é uma coisa nova, apesar de ter sido escrita no século XIX. É uma oportunidade de colocarmos uma compositora na cena da música de concerto. E é um concerto dedicado às mulheres, que vai ser bem bonito e bem emocionante”, promete.

Izadora Chacon – A soprano Izadora Chacon, convidada especial do concerto, é filha do maestro Pedro Santos e da soprano Fátima França, iniciou seus estudos em canto com sua mãe. Natural de João Pessoa – Paraíba, aos 5 anos ingressou no Coral Infantil do Departamento de Música da UFPB sob regência do professor João Gadelha, sendo coralista e solista. Na UFPB fez toda sua formação musical formando-se bacharel em violino na classe do professor Yerko Tabilo.

Atualmente é preparadora vocal do Coral Universitário Gazzi de Sá, regido pelo maestro Eduardo Nóbrega, e professora de canto do Seminário Arquidiocesano da Paraíba.

Programa da Orquestra

Franz Schubert (1797-1828) – Ave Maria
Giacomo Puccini (1858-1924) – Vissi d’arte da ópera Tosca.
Giuseppe Verdi (1813-1901) – Sempre Libera da ópera La Traviata.
G. Verdi – Brindisi da ópera La Traviata.
G. Puccini – Un bel dì vedremo da ópera Madama Butterfly
G. Puccini – O mio babbino caro da ópera Gianni Schicchi

Izadora Chacon, soprano
Participação: Leonardo Domingos, tenor

Emilie Mayer (1812-1883) – Sinfonia nº 1 em Dó Menor
I. Adagio – Allegro energico
II. Adagio
III. Allegro vivace
IV. Finale Adagio – Allegro

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *