Prefeitura do Rio inaugura a 20ª Cozinha Comunitária Carioca, no Jacarezinho – Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro

Francisco, Josinete e Zenilda comandam o fogão na cozinha comunitária do Jacarezinho – Roberto Moreyra/Prefeitura do Rio

O Rio de Janeiro acaba de ganhar a sua 20ª Cozinha Comunitária Carioca. O secretário municipal de Trabalho e Renda do Rio, Everton Gomes, inaugurou, nesta terça-feira (19/3), a nova unidade do programa Prato Feito Carioca na Rua do Rio 8, no Jacarezinho, na Zona Norte. A exemplo das outras cozinhas, ela servirá 280 refeições diariamente para as pessoas em situação de vulnerabilidade social.

— Desde junho de 2022, quando o programa Prato Feito foi lançado pela Prefeitura do Rio, já servimos mais de dois milhões de refeições apenas nas cozinhas. Agora em março, novas unidades serão inauguradas na cidade e continuaremos levando a elas os programas de qualificação e o nosso banco de oportunidades de trabalho — afirmou o secretário municipal de Trabalho e Renda, Everton Gomes.

A unidade do Jacarezinho é cogerida pelo Instituto Carioca de Atividades (ICA). Além dela, há cozinhas instaladas na Maré, Realengo, Mangueira, Andaraí, Catumbi, Bento Ribeiro, Tanque, Costa Barros, Anchieta, Acari, Beira Rio, Vila Kennedy, Guaratiba, Campo Grande, Vila Aliança, Nova Sepetiba, Ilha do Governador, Recreio e Cosmos.

No comando da preparação das refeições no Jacarezinho estão o cozinheiro Francisco Antônio da Silva, de 59 anos, e as ajudantes Josinete Cunha da Silva, de 49, e Zenilda Lessa Gomes, de 59. Às 6h30, eles já começam a fazer as refeições distribuídas até para moradores de outras comunidades, como Manguinhos e Mandela.

— Tem muitos moradores sem condições de fazer uma boa refeição. Além de ajudar a comunidade, a cozinha é uma oportunidade para quem quer trabalhar — explicou o pernambucano Francisco Antônio da Silva , morador do Jacarezinho e que trabalhou por 15 anos na cozinha de uma grande rede de supermercados.

Inscrita no programa e atualmente sem trabalhar, Paloma de Jesus pegou cinco refeições — para ela, os dois filhos e dois irmãos. A jovem, que tem um filho de sete meses e outro de 10 anos, vive apenas com o dinheiro do Bolsa Família. A exemplo dela, Mari Beatriz de Souza também alimenta os filhos com as refeições do Prato Feito Carioca.

— Isso aqui é uma bênção. Meus filhos estavam cansados de comer angu. Esse programa tem que continuar. Ele mata a nossa fome — disse Mari Beatriz de Souza, 48 anos, também moradora do Jacarezinho.

 

Marcações: cozinha comunitária inauguração Jacarezinho prato feito carioca Prefeitura do Rio

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *