Prefeitura entrega premiação aos atletas do Time Rio que conquistaram medalhas no Pan e Parapan e aumenta o bônus para os Jogos de Paris – Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro

Os atletas olímpicos e paralímpicos do Time Rio ganharam duas parcelas a mais da bolsa – Prefeitura do Rio

O prefeito Eduardo Paes e o secretário municipal de Esportes, Guilherme Schleder, entregaram, nesta quinta-feira (21/03), no Palácio da Cidade, a premiação para os 31 atletas olímpicos e paralímpicos do Time Rio que conquistaram medalhas no Pan e Parapan-Americano Santiago 2023. Cada um recebeu o equivalente a duas parcelas do benefício mensal concedido aos atletas (são duas bolsas de R$ 8 mil, num total de R$ 16 mil para cada medalhista), como foi prometido pela Prefeitura do Rio. Já quem subir ao pódio nos Jogos de Paris 2024 vai ganhar mais sete parcelas. Inicialmente o bônus seria de cinco parcelas a mais, mas o prefeito aumentou a premiação.

– É uma alegria enorme estar aqui, é claro que o apoio ao Time Rio será renovado e o prêmio vai aumentar para sete vezes o valor da bolsa para quem conquistar medalha nos Jogos de Paris. Então, tratem de ganhar muitas medalhas. Que vocês tenham muito sucesso e possam seguir em frente porque, no que depender da gente, vamos ajudar vocês sempre – afirmou o prefeito Eduardo Paes.

Os atletas do Time Rio ajudaram o Brasil a obter a melhor campanha na história da competição. No Parapan, por exemplo, 14 dos 15 atletas do Time Rio Paralímpico conquistaram medalhas.
O projeto Time Rio Olímpico e Paralímpico é uma parceria entre a Prefeitura do Rio e os Comitês Olímpico (COB) e Paralímpico do Brasil (CPB). Ao todo, 36 atletas olímpicos e 24 paralímpicos são beneficiados com uma bolsa de cerca de R$ 8 mil dada pela Prefeitura. Os critérios para a escolha dos atletas são definidos pelos comitês, que também fazem uma avaliação anual dos beneficiados pelo projeto.

– A gente dá as bolsas para esses 60 atletas, entre olímpicos e paralímpicos, para que eles possam ter mais tranquilidade para treinar. Praticar só o esporte, sem precisar ter outra atividade profissional para se manter neste período de treinamento. Esta premiação estimula a treinar cada vez mais. É um orgulho enorme ter atletas tão bem qualificados para representar o povo carioca nos Jogos de Paris – disse o secretário de Esportes, Guilherme Schleder.

Do Time Rio Paralímpico, conquistaram medalhas no Parapan: Douglas Matera, Thomaz Matera e Susana Schnarndorf, na natação; Brenda Freitas e Wilians Araújo, no judô; Sophia Kelmer, no tênis de mesa; Fabrício Marques, no taekwondo; Ricardo Mendonça, Wallace Santos, Washington Nascimento, Alice Oliveira, Fábio Bordignon, Julyana Silva e João Victor Teixeira, no atletismo.

– Esse prêmio é um incentivo enorme para que a gente possa dar o máximo em Paris e trazer o melhor resultado para o Rio de Janeiro. No esporte de alto rendimento é tudo muito caro, a gente viaja bastante, tem gastos com nutrição e fisioterapia. Com certeza, essa verba vai nos dar tranquilidade para se dedicar exclusivamente a esse tão sonhado momento nos Jogos de Paris – ressaltou o judoca paralímpico Wilians Araújo, bicampeão mundial na categoria peso pesado-J1 (cego total).

Já nos Jogos Pan-Americanos, o Time Rio Olímpico foi representado por 23 atletas, sendo que 17 conquistaram medalhas: Guilherme Costa e Nathalia Almeida, na natação; Rebeca Andrade, Flávia Saraiva e Jade Barbosa, na ginástica artística; Ingrid de Oliveira, nos saltos ornamentais; Laura Amaro, no levantamento de peso; Lucas Verthein, no remo; Rafaela Silva e Luana Carvalho, no judô; Ana Sátila, na canoagem; Ana Marcela Cunha, na maratona aquática; Kahena Kunze e Gabriela Nicolino, na vela; Giullia Penalber e Joilson Junior, no wrestling; e Viviane Lyra, na marcha atlética.

– Esse prêmio é importante demais. Receber hoje essa premiação da Prefeitura é uma forma de a gente ter um apoio extra, fora todo o apoio que já temos. Agora é buscar essa medalha inédita em Paris. A meta é participar de regatas internacionais, buscar evoluir e pegar ritmo de competição em alto nível para fazer o resultado em Paris – destacou o remador Lucas Verthein, que conquistou medalha de ouro no single skiff no Pan de Santiago e assegurou uma vaga nos Jogos de Paris.

Ao todo, os atletas do Time Rio conquistaram 56 medalhas nas competições, sendo 26 (12 de ouro, nove de prata e cinco de bronze) no Pan, e 30 no Parapan (12 de ouro, seis de prata e 12 de bronze).

– Os resultados obtidos nos Jogos Pan-Americanos confirmaram a qualidade dos atletas do Time Rio e também comprovaram a boa estrutura que a cidade do Rio de Janeiro oferece para que esses atletas possam se preparar. Não tenho dúvidas de que eles darão orgulho para o Brasil e para toda a cidade do Rio com suas apresentações nos Jogos de Paris – disse diretor-geral do COB, Rogério Sampaio.

O vice-presidente do Comitê Paralímpico Brasileiro, Yohansson Nascimento, exaltou a participação dos atletas do Time Rio no Parapan de Santiago. E brincou dizendo que o prefeito Eduardo Paes pode ir preparando o cheque para a premiação dos Jogos Paris 2024.

– Das 331 medalhas que conquistamos no Parapan, quase 10% foram do Time Rio. Que venham os Jogos de Paris e que vocês continuem se dedicando porque, podem ter certeza, o esporte olímpico e o paralímpico farão história na Cidade Luz.

 

O judoca paralímpico Wilians Araújo tentará uma medalha nos Jogos de Paris – Reprodução de vídeo

Categoria:

  • 21 de março de 2024
  • Marcações: atleta Jogos Paris medalha Pan Parapan Prefeitura do Rio prêmio time rio

    Leave a Reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *