Governo de MS valoriza cultura do Estado e apoia encontro de laço comprido em São Gabriel do Oeste

Com mais de 700 participantes, o 33º Encontro Estadual de Laço Comprido, em São Gabriel do Oeste, tem apoio do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul. E o governador, Eduardo Riedel, e a primeira-dama, Mônica Riedel, participaram neste domingo (14) do evento.

“A festa é da família sul-mato-grossense, um esporte genuíno nosso. O Governo do Estado apoia e ajuda todos os clubes de laço, e a Federação, para que a gente siga em frente valorizando cada vez mais esta festa que é do Mato Grosso do Sul”, disse Riedel.

O encontro é organizado pelo Clube de Laço Liberato Maffissoni (CLLM), em parceria com a Federação de Clubes de Laço de Mato Grosso do Sul, e com o apoio da Fundesporte (Fundação de Esporte e Cultura do Estado).

O presidente da Famasul, Marcelo Bertoni, também acompanhou o governador no evento em São Gabriel do Oeste.

O evento termina hoje com as finais individuais e a disputa das taças bronze, prata, taça patrão e taça ouro.

“Também realizamos um churrasco beneficente com renda revertida para a equoterapia Nova Esperança”, afirmou o presidente do Clube do Laço, Guinter Maffissoni.

Esporte

O ‘laço comprido’ é uma modalidade esportiva que tem suas raízes nas atividades dos vaqueiros e peões das regiões rurais do Brasil.

No Mato Grosso do Sul, essa técnica é amplamente difundida e valorizada, sendo considerada uma das atividades mais tradicionais e representativas da cultura do Estado.

A história do Laço Comprido no Mato Grosso do Sul remonta ao período em que a região ainda fazia parte do antigo Mato Grosso, no início do século XX.

Naquela época, o trabalho dos vaqueiros era fundamental para a economia local, e a habilidade no manejo do gado era uma questão de sobrevivência.

E foi nesse contexto que surgiu a técnica do laço comprido, que consiste em arremessar uma corda de aproximadamente 12 metros de comprimento com uma argola na ponta para fazer a laçada, 8 metros, que deve ser lançada em direção a um boi ou novilho em movimento. O objetivo é laçar o animal pelo chifre.

Natalia Yahn, Comunicação Governo de MS

Fotos: Álvaro Rezende

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *