Ministro da Educação visita nova sede da reitoria do IFSP  – IFSP

Camilo Santana destacou preocupação em consolidar campi já existentes 

O reitor Silmário Batista dos Santos e os pró-reitores do IFSP receberam, nesta sexta-feira (19), o ministro da Educação Camilo Santana, que se inteirou sobre o andamento da implantação dos novos campi da Instituição e conheceu as obras da nova sede da reitoria.  

Da esquerda para a direita: O pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação, Adalton Masalu Ozaki; o reitor Silmário Batista dos Santos; o pró-reitor de Extensão e Cultura, Rafael Alves Scarazzati; o ministro Camilo Santana; o pró-reitor de Ensino, Carlos Eduardo Pinto Procópio; e o pró-reitor de Planejamento e Desenvolvimento Institucional, Bruno Nogueira Luz Durante a visita de cortesia ao IFSP, Silmário falou sobre o andamento das tratativas entre o Instituto Federal e as prefeituras municipais para a instalação dos doze novos campi do Instituto Federal de São Paulo anunciados pelo Governo Federal. No total, foram divulgados 100 novos campi em todo o Brasil.  

Para as duas unidades previstas para a capital paulista (Cidade Tiradentes e Jardim Ângela), já existe uma conversa iniciada com a administração local para o apontamento de espaços a fim de funcionar as atividades acadêmicas.  

Silmário revelou ser entusiasta da expansão da rede federal desde quando ingressou na Diretoria de Infraestrutura e Expansão da reitoria, em 2009. De lá para cá, acompanhou pessoalmente as obras de várias unidades.  

O pró-reitor de Extensão, Rafael Alves Scarazzati, destacou que São Paulo tem o maior Instituto Federal do Brasil, com 41 campi, sendo 37 em funcionamento e quatro em implantação.  Evidenciou também o grande trabalho desenvolvido pelas pró-reitorias para liderar ações desenvolvidas em todas as unidades. “Mesmo com uma equipe reduzida, desenvolvemos vários projetos que foram adotados inclusive por outros Institutos Federais, imagina se tivéssemos mais equipes”, apontou.  

O ministro, por sua vez, afirmou que irá buscar uma solução para minimizar os desafios enfrentados pela grandeza da Instituição.  

O reitor do IFSP aproveitou a presença da diretora-geral do Campus Jundiaí, Karina Maretti Strangueto, para pedir apoio ao ministro tanto para obras essenciais quanto para o bem-estar dos alunos na unidade, e o convidou para inaugurar oficialmente o campus.  

Além de confirmar sua presença para a solenidade, Camilo destacou que, além de expandir a rede federal de ensino profissional e tecnológica, a atual administração se preocupa em consolidar os campi existentes. Ele garantiu que o Campus Jundiaí irá receber o apoio necessário para construir restaurante universitário, bloco com mais salas de aula e outros equipamentos necessários.  

Os gestores do IFSP apresentaram ao ministro as obras da nova sede da reitoria, cuja entrega está prevista para o mês de outubro deste ano. Ele, por sua vez, reiterou seu apoio à Instituição.  

Greve 

Camilo Santana perguntou sobre a adesão dos servidores do IFSP à greve e destacou que o governo está empenhado em chegar a um acordo que beneficie os servidores da Educação por meio do diálogo de modo que a paralisação afete o mínimo possível do calendário acadêmico.  

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *