Agência Minas Gerais | Educação promove visita técnica de alunos do Trilhas de Futuro à ExpoZebu, em Uberaba

Ainda em Uberaba, onde participou da abertura da Expozebu, o governador Romeu Zema acompanhou visita técnica para estudantes do Curso Técnico em Agropecuária, oferecido por meio do projeto Trilhas de Futuro. 

O secretário de Estado de Educação (SEE/MG), Igor de Alvarenga, acompanhou a agenda. Ao todo, cerca de 30 alunos do curso Técnico em Agropecuária, de Patos de Minas, no Alto Paranaíba, tiveram uma aula durante a exposição. 

As visitas técnicas, de acordo com professores dos cursos oferecidos pelo Trilhas de Futuro, são essenciais na preparação para o trabalho. Além de aplicar a teoria aprendida, os alunos podem conversar com profissionais que já estão em atividade e tirar dúvidas em relação a determinadas áreas de atuação.

O governador teve a oportunidade de conhecer histórias como a do jovem Lucas Henrique Cunha, de 22 anos. Ele viu sua vida mudar com o programa do Governo de Minas e, agora, consegue ajudar a família. 

“Comecei a trabalhar com 18 anos em um supermercado, como empacotador. Foi quando eu descobri o curso, fiz minha inscrição e consegui a vaga. Desde que comecei a estudar, distribuí currículos e consegui emprego na área, em uma das maiores fazendas de Patos de Minas”, comemora.  

O jovem revelou ainda que por meio do Trilhas teve o salário praticamente quadruplicado, e reforçou o valor do aprendizado. 

“Por causa do curso, eu consegui subir de cargo dentro da empresa. É um crescimento na vida. Hoje posso planejar meu futuro e ajudar minha família. Eu também ajudo minha irmã, que é ex-aluna do Trilhas, a pagar a faculdade dela de medicina veterinária e ela também já atua na área. Ou seja, ela está seguindo o mesmo caminho”, contou. 

Trilhas de Futuro

Lançado em 2021 pelo Governo de Minas Gerais, o Trilhas de Futuro, executado pela Secretaria de Estado de Educação (SEE/MG), oferece 94 opções de cursos técnicos gratuitos, com perspectiva de empregabilidade, em 331 instituições públicas ou privadas, distribuídas em 145 municípios de todas as regiões do estado.

O objetivo do projeto é capacitar pessoas para alcançar novas oportunidades no mercado de trabalho. Além do curso técnico gratuito, o estudante recebe uma ajuda de custo para alimentação e transporte.

Até o momento, o Governo do Estado já investiu cerca de R$ 1,5 bilhão no Trilhas de Futuro. Em toda Minas Gerais, o projeto já formou quase 46 mil profissionais em diversas áreas do conhecimento. Outros quase 106 mil estão em processo de formação.

Mapeamento

Os cursos técnicos escolhidos para fazer parte do Trilhas de Futuro são fruto da escuta ativa junto ao setor produtivo e às empresas distribuídas no estado. Para isso, é feito um mapeamento das demandas, visando entregar às áreas específicas mão de obra qualificada para atender as necessidades do setor produtivo.

O mapeamento, realizado anualmente pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sede-MG), tem a finalidade de fazer um chamamento para que empresas interessadas em contratar futuros profissionais possam participar do processo de definição qualitativa e quantitativa das vagas a serem oferecidas pelo projeto. 

A dinâmica garante que as oportunidades estejam alinhadas com as demandas do mercado.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *