Orquestra Sinfônica faz homenagem às mães em concerto no Centro Cultural São Francisco

A Orquestra Sinfônica Municipal de João Pessoa apresenta, nesta sexta-feira (10), o III Concerto Oficial da Temporada 2024, sob a regência do maestro Nilson Galvão, que realiza uma homenagem às mães, cujo dia é comemorado no domingo (12). O evento, que tem como cenário o Centro Cultural São Francisco, localizado no Centro Histórico da cidade, começa às 19h e é gratuito.

“A nossa Orquestra Sinfônica Municipal faz, no Museu São Francisco, uma temporada de muita felicidade. Não é à toa que o concerto deste final de semana traz essa ideia de alegria, de leveza exatamente porque é um período bonito que a cultura de João Pessoa está vivendo. Mas, sobretudo, porque estamos dedicando esse concerto às mães”, pontua o diretor executivo da Funjope, Marcus Alves.

Ele lembra que a Orquestra e a Funjope fazem essa homenagem às mães de João Pessoa e da Paraíba com música de qualidade, de um refinamento artístico e estético muito grande e com músicos e musicistas altamente capacitados na sua interpretação.

O maestro Nilson Galvão explica que o concerto terá três obras. “Ao contrário do que vinha acontecendo, que sempre pensávamos em obras que fizessem contrastes, nesse concerto as peças se conversam muito porque elas têm o mesmo espírito”, explica o maestro.

Ele afirma que são duas obras do período clássico, a abertura da ópera Don Giovanni, do compositor austríaco Wolfgang Amadeus Mozart; será feito o concerto de trompete do compositor também austríaco Joseph Haydn, e também a Sinfonia nº 5, de Franz Schubert.

“Essa é uma peça do início do período romântico, mas que Shubert estava muito inspirado pelas obras últimas obras de Mozart, principalmente a Sinfonia 41, que é a última, a Sinfonia Júpiter. Schubert se inspira muito nessas últimas obras de Mozart e também em algumas obras de câmara de Mozart que ele vinha estudando”.

As peças, conforme observa Nilson Galvão, têm um aspecto que liga todas elas, que é a questão da leveza, a vivacidade. “É um concerto para levantar espírito, um concerto bem alegre e leve. Esta é a principal característica do nosso concerto dessa semana. Estamos felizes de estarmos tocando, até porque, nessa peça para trompete, nosso solista é membro da orquestra, que é o Estevão Gomes, prata da casa que vamos estar colocando sob as luzes do nosso concerto. Vai ser um concerto muito bonito e estamos nos preparando com afinco para trazer mais um concerto de qualidade para nosso público”, promete.

Confira o programa

Mozart, Wolfgang Amadeus – Abertura da Ópera Don Giovanni, K.527

I. Overture

Haydn, Joseph – Concerto para Trompete em Mi bemol Maior

I. Allegro

II. Andante

III. Finale. Allegro

Solista: Estevão Gomes

Schubert, Franz – Sinfonia n° 5 em Si bemol maior, D. 485

I. Allegro

II. Andante con moto

III. Menuetto. Allegro molto – Trio

IV. Allegro vivace.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *