Detran-SP promove primeira campanha de doação de sangue do ano





A iniciativa para salvar vidas coincide com o engajamento do órgão paulista de trânsito no Maio Amarelo



O Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP) promoveu na semana passada, em parceria com a Fundação Pró-Sangue Hemocentro de São Paulo, sua primeira campanha interna de doação de sangue de 2024. 83 colaboradores compareceram ao auditório na sede do Detran-SP, entre 8h30 e 11h30, contribuindo com a coleta de 64 bolsas de sangue. Uma curiosidade que muitos desconhecem é que cada doação é capaz de salvar até três vidas.

“Uma ação solidária assim deveria ser realizada por todos os órgãos públicos, já que a premissa da vida pública é servir ao cidadão. Além disso, saber que com um esforço mínimo consigo ajudar outras pessoas é muito gratificante. Recomendo a todos fazerem sua parte, pois um gesto simples pode transformar a vida de muitas pessoas.”, comenta Delris Marques, doador voluntário da Diretoria de Atendimento.

É necessário que o doador cumpra alguns requisitos:

  • Estar em boas condições de saúde;
  • Ter entre 16 e 69 anos (menores de 18 anos devem apresentar documentos necessários e formulário de autorização);
  • Pesar no mínimo 50 kg;
  • Estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas);
  • Estar alimentado (evitar alimentação gordurosa nas 4 horas que antecedem a doação);
    Apresentar documento original com foto recente.

A doação é o processo pelo qual a pessoa tem seu sangue coletado para armazenamento em um banco ou hemocentro, com destinação de uso subsequente em uma transfusão. A iniciativa positiva para salvar vidas coincide com o engajamento do órgão paulista de trânsito no Maio Amarelo, movimento internacional pela vida nas ruas e estradas, iniciado em 2011 pela Organização das Nações Unidas (ONU), com apoio da Organização Mundial da Saúde (OMS), com adesão do Brasil a partir de 2014.

Joyce Fernanda, doadora voluntária da Diretoria de Sistemas, completou sua 4ª doação e relata que o procedimento foi bastante tranquilo: “Achei prático. Se as empresas tivessem essa ideia fantástica do Detran, o banco de sangue não ficaria com tanta baixa. Também parabenizo a equipe Pró Sangue, muito ágil e atenciosa no tratamento com os doadores. Sinta-se um herói ou heroína e seja um doador. Gotinhas que salvam vidas!”.

Além de apoiar a recuperação de vítimas de sinistros, as doações permitem atendimento a outras demandas de pacientes que precisam de sangue. O aumento dos casos de dengue tem impactado negativamente o nível dos estoques do Estado. Há a diminuição de doadores, visto que o impedimento para aqueles que tiveram dengue é de 30 dias, além do aumento da necessidade de transfusão de sangue como parte do tratamento dos casos graves da doença. Atualmente, o estoque da Pró-Sangue opera com 40% da sua capacidade.

Sobre o Detran-SP
O Detran-SP trabalha incessantemente para prevenir sinistros e preservar vidas, com a meta de organizar um trânsito mais seguro e harmonioso entre todos os modais. O órgão segue comprometido em oferecer serviços de excelência aos cidadãos, baseados em valores como respeito, integridade, segurança e eficiência.

Atualmente, está implementando a transformação digital para melhorar a qualidade de vida dos paulistas, facilitando o acesso aos serviços públicos. Cerca de 93% dos atendimentos realizados nas unidades do Detran-SP integradas ao Poupatempo são feitos de forma digital.

Como o maior órgão executivo de trânsito do país, o Departamento de Trânsito Paulista é responsável por 28% da frota brasileira, com mais de 34 milhões de veículos registrados e mais de 25 milhões de motoristas habilitados em todo o estado. Mensalmente, emite aproximadamente 400 mil Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs) e 1,2 milhão de Certificados de Registro e Licenciamento Veicular (CRLVs). Em média, são emitidos mais de 136 mil documentos por dia.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *