Campus Sertãozinho representa o IFSP na Competição Regional BAJA SAE – IFSP

Competição reuniu futuros engenheiros de universidades de todo o país, em São João del Rei – MG

A equipe Tatu Baja do Campus Sertãozinho participou do Campeonato Regional Baja SAE Brasil que aconteceu de 18 a 22 de outubro, em São João del Rei em Minas Gerais. A competição reuniu futuros engenheiros de universidades de todo o país, enriquecendo a experiência educacional dos participantes e demonstrando a excelência do ensino, da pesquisa, da inovação e da extensão realizados no IFSP.

Nesses cinco dias, as 24 equipes participantes tiveram que enfrentar várias provas até chegar ao último dia de competição, quando aconteceu a etapa principal: um enduro em uma pista repleta de obstáculos onde os carros são desafiados ao máximo, com muitas quebras e retornos aos boxes para reparos emergenciais. Para chegar à última fase, o protótipo Tatu Baja IFSP —teve que passar por testes de freio, suspensão, motor, chassi, direção, aceleração e assim, sendo aprovado em todas as provas, garantiu a vaga na fase final.

Antes das provas práticas que duraram cinco dias, o processo todo envolveu várias aprovações anteriores, com o projeto ainda no papel. O coordenador da equipe, Professor Paulo Frighetto, reforçou que a participação da capitã da equipe, Caroline Cardoso de Faria, foi fundamental para a gestão da equipe.

Além da capitã, a equipe participou com o piloto Carlos Eduardo Pavan, e os membros: João Pedro Galvão Gomes, Maira Eduarda de Lima, Pedro Nogueira Cardoso, Phillip Wilson Mesquita, Renato de Almeida Motta Maraia Rezende, Roger Souza Cruz, Vanessa Carneiro dos Santos Kalaki e Victor Hugo Chini Trindade.  Os alunos foram acompanhados pela técnica administrativa Fabiana Andrea Fracacio Frighetto e pelo professor Paulo Frighetto e conta com o apoio do professor Daniel Bazoni. Além dos integrantes da equipe atual, que consta com alunos de todos os períodos da engenharia mecânica, contamos com a colaboração muito importante de ex membros da equipe, inclusive os que já se graduaram e continuam atuando efetivamente no projeto.

O projeto já tem oito anos e o veículo foi sendo construído com tubos e peças doadas por empresas parceiras e a colaboração do Campus Sertãozinho e da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PRP), que através de Editais, permitiu a compra de novas peças, proporcionando a construção de um veículo competitivo a nível Baja SAE BRASIL. A ajuda da INOVA-Reitoria na pessoa de Eder José da Costa Sacconi foi fundamental.

 

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *