Turismo de SP apresenta destinos inclusivos na edição da Festuris em Gramado





Evento aconteceu no Rio Grande do Sul, onde cerca de15 mil pessoas passaram pela feira entre os dias 9 e 12 de novembro



Foram 2,7 mil marcas em exposição e 40 destinos internacionais

O Festuris (Festival do Turismo de Gramado) é uma das maiores feiras de negócio de turismo da América Latina, e o Governo do Estado de São Paulo levou para a 35ª edição do evento, por meio da Secretaria de Turismo e Viagens (Setur-SP), os atrativos turísticos paulistas, entre eles, destinos considerados inclusivos, para um público de cerca de 15 mil pessoas que passaram pela feira entre 9 a 12 de novembro. Foram 2,7 mil marcas em exposição e 40 destinos internacionais.

“O nosso objetivo é conversar diretamente com esse público e apresentar os nossos destinos e produtos mais amigáveis. O tema da inclusão tem transformado a atuação da Setur-SP e participamos desse espaço investindo seriamente nesses segmentos, divulgando o Estado de São Paulo como um local seguro, amigável e multicultural”, disse o secretário da pasta, Roberto de Lucena.

O estande da Setur-SP recebeu a visita do ministro do Turismo, Celso Sabino, e do presidente da Embratur, Marcelo Freixo, que foram conhecer mais sobre os 59 municípios classificados como amigáveis para viajantes idosos, LGBTQI, pessoas com deficiência e comunidades tradicionais.

Esses municípios fazem parte do Mapa da Diversidade do turismo de São Paulo. Destacando Ilhabela, que oferece experiências no mar em cadeiras anfíbias; Atibaia, com pousadas para o público LGBTQI; Jundiaí, com atrações formatadas para a terceira idade; e São Sebastião, com suas rotas caiçaras e atrações culturais.

O público que passou pelo estande paulista teve contato com nove de suas regiões turísticas: Águas Sertanejas; Bem Viver; Águas, Cultura e Negócios; Circuito das Frutas; Litoral Norte; Circuito das Águas Paulistas; Costa da Mata Atlântica; Entre Rios e Negócios e Cultura.

O estande de São Paulo também atraiu a atenção do governador do Rio de Janeiro, Claudio Castro, que em visita ao espaço da Setur-SP tocou o berrante de Barretos e comeu o pão com mortadela do Michelão, um ícone da gastronomia paulista. “Isso demonstra a força do Consórcio de Integração Sul e Sudeste (Cosud) trabalhando forte pelo turismo”, comentou Lucena.

Festuris

De acordo com a organização do Festuris, apesar de o levantamento ainda não estar concluído, os números do evento de 2023 são grandiosos: a feira cresceu 23% em relação ao ano passado e ocupou pela primeira vez os três pavilhões do Serra Park, totalizando 27 mil m² de área construída. São 400 estandes que reúnem 2.700 marcas. O trade do turismo pôde contar com sete palcos de conteúdo, reunindo todas as regiões do país e 40 destinos internacionais.

A projeção de negócios no evento é de R$ 400 milhões. “É uma satisfação muito grande ver o sucesso e o desenvolvimento do turismo cada vez mais a partir do Festuris”, comenta Eduardo Zorzanello, CEO do evento.

Segundo o secretário de Turismo e Viagens do Estado de São Paulo, Roberto de Lucena, Gramado é um importante ícone nacional quando se trata de Turismo. “Uma cidade de 40 mil habitantes que recebe mais de 600 mil visitantes todos os meses, durante todo o ano, longe do aeroporto, sem praia, é um case de sucesso. É um município muito seguro, totalmente voltado para o turismo, com uma zeladoria impecável, onde as pessoas aprendem sobre a atividade desde o ensino fundamental”, disse ele.

Siga o canal “Governo de São Paulo” no WhatsApp:
https://bit.ly/govspnozap

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *