Hospital Geral de Nova Iguaçu faz homenagem aos doadores de sangue

Hospital Geral de Nova Iguaçu faz homenagem aos doadores de sangue




Quem esteve no Hospital Geral de Nova Iguaçu (HGNI) para doar sangue nesta sexta-feira (24) foi surpreendido com uma homenagem feita pela unidade. O banco de sangue estava com um ambiente instagramável, com doadores aproveitaram a área para fazer e publicar suas fotos em suas redes sociais. Eles ainda receberam lanche especial e interagiram com um personagem caracterizado de gota de sangue. A ação, que vai ser repetida amanhã, faz parte das comemorações do Dia Nacional do Doador de Sangue, celebrado em 25 de novembro.

Diretor-geral, o médico Ulisses Melo destacou a importância dos doadores de sangue para ajudar a unidade de saúde no atendimento à população. O HGNI realiza entre 900 e 1.200 procedimentos cirúrgicos por mês, e parte deles necessita de transfusão sanguínea. Para manter os estoques abastecidos, são necessárias 800 bolsas de sangue coletadas mensalmente.

“Queremos agradecer a todo o cidadão que veio ao hospital para doar sangue e contribuir com a saúde do próximo. Estamos chegando ao final do ano e, em breve, teremos o carnaval. São épocas com maior incidência de traumas em que o paciente pode precisar de transfusão. Então queremos manter o estoque abastecido e contamos com a ajuda dos doadores”, destaca o diretor.

Uma das pessoas que esteve no banco de sangue foi o empresário Márcio Luis de Albino, de 39 anos. Ele contou que dois amigos estavam precisando de transfusão e decidiu doar sangue pela primeira vez no HGNI.

“Me sinto realizado por estar ajudando quem precisa. Quero doar sangue frequentemente, pois faz um bem enorme. Estou muito feliz”, conta ele.

Joyce da Silva Sales, de 25 anos, saiu de casa, em Paracambi, para vir até Nova Iguaçu e doar sangue também pela primeira vez.

“É importante estar ajudando. Não custa nada, é uma boa ação e eu acho importante vir doar para ajudar as pessoas que estão precisando”, reforça.

Doadora de sangue há mais de cinco anos, Jozilene de Fátima Silva Nunes, de 58 anos, doou pela primeira vez ao banco de sangue do HGNI. Ela explica o porquê de praticar este gesto de solidariedade por tanto tempo.

“Eu doo para ajudar o próximo e salvar uma vida. Este é um gesto de altruísmo, para fazer o bem. Uma gotinha de sangue é muito para quem precisa. Então vamos doar”, completa ela.

Transporte gratuito

Outra ação para atrair mais doadores de sangue é o transporte gratuito para grupos de pessoas. Quem estiver interessado pode entrar em contato pelo telefone (21) 99695-7470, com até três dias de antecedência a data prevista da doação para verificar a viabilidade do serviço, que também atende cidades vizinhas à Nova Iguaçu. Ainda pelo telefone acontece uma pré-triagem para verificar se as pessoas estão aptas a doar. Ao fim do processo, a unidade disponibiliza, gratuitamente, um carro de aplicativo ou van, para fazer o transporte deste grupo.

Principais requisitos para doar sangue

– Apresentar documento de identificação com foto;

– Ter entre 16 e 69 anos, sendo que os maiores de 60 já devem ter doado sangue em outra ocasião e estar em boas condições de saúde;

– Pesar mais de 50 kg;

– É contraindicada a doação quem ingeriu bebida alcoólica nas últimas 12 horas;

– Não é preciso estar em jejum, mas evite alimentos gordurosos nas três horas que antecedem a doação;

– Quem teve sintomas de gripe ou resfriado deve aguardar dez dias após terminar o tratamento medicamentoso;

– Pessoas vacinadas precisam esperar até 48h para fazer sua doação;

– Quem fez tatuagem ou piercing deve aguardar até 12 meses para doar; Exceto piercing na língua ou partes genitais que estará apto para doação um ano após a retirada;

– Diabéticos precisam estar com a glicose controlada e não fazer uso de insulina;

– Quem fez endoscopia ou colonoscopia precisa esperar seis meses;

– Não ter doença de chagas ou infecção sexualmente transmissível.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *