Trecho da Avenida Brasil de acesso à Avenida Francisco Bicalho é reaberto ao tráfego – Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro

O novo trecho vai facilitar o acesso dos veículos à Avenida Francisco Bicalho – Fabio Motta/Prefeitura do Rio

A Prefeitura do Rio reabriu, neste sábado (2/12), a pista lateral da Avenida Brasil, no sentido Centro, no trecho entre a Rua Santos Lima e a Avenida Francisco Bicalho, na Zona Portuária. O trecho estava interditado para obras do Terminal Intermodal Gentileza (TIG). Este é mais um passo na preparação da região para o início do funcionamento do corredor de BRT Transbrasil, previsto para começar a operar em janeiro de 2024. O TIG deverá ser entregue em dezembro.

Com a liberação da via, os veículos procedentes da Avenida Brasil, na altura do Caju, agora podem seguir em direção ao Centro, Tijuca e ao Túnel Rebouças sem necessidade de transitar pelo Viaduto do Gasômetro. Com a reabertura, fica restabelecida a ligação direta, anteriormente existente, entre a Avenida Brasil e a Avenida Francisco Bicalho.

A pista lateral da Avenida Brasil, no sentido Centro, via por onde circulavam cerca de 13 mil veículos por dia antes das obras, passa a se constituir em uma alternativa viária, aliviando o Gasômetro, que se apresenta saturado, recebendo um volume médio de 7.200 veículos por hora, superando os 115 mil por dia por sentido. Com a transferência parcial do fluxo veicular do Gasômetro para a pista lateral da Avenida Brasil é esperada uma melhora na fluidez e, consequentemente, redução dos tempos de viagem no acesso ao Centro e Zonas Norte e Sul.

O percurso liberado, em continuidade da pista lateral da Avenida Brasil a partir do Caju, se utiliza das ruas Sá Freire, Conde de Leopoldina e Avenida Brasil até a chegada na Avenida Francisco Bicalho, com capacidade para comportar três mil veículos por hora, podendo atingir cerca de 36 mil a 42 mil veículos por dia.

A Prefeitura do Rio realizou obras de infraestrutura nesta rota. As vias tiveram o seu asfalto recuperado, com serviços de fresagem e de recapeamento. A sinalização vertical do trecho também foi recuperada, com nova pintura e implantação de diversas placas de regulamentação e advertência.

Para orientar os motoristas, agentes de trânsito da CET-Rio estão posicionados ao longo do percurso liberado para monitorar o tráfego e efetuar os ajustes necessários. Para acesso ao Túnel Marcello Alencar e à Rodoviária permanece a recomendação do uso da pista central da Avenida Brasil.

 

Reabertura resultará na retomada dos trajetos originais de 63 linhas de ônibus

A reabertura do acesso da Avenida Brasil para a Francisco Bicalho fez com que 63 linhas de ônibus municipais retomassem os itinerários originais. Desde setembro do ano passado, quando o trecho foi interditado, as linhas precisaram fazer desvio em ruas próximas.

Segue a lista de linhas beneficiadas com a reabertura do trecho:

Linhas municipais que trafegam pela pista lateral da Avenida Brasil: 210 (Caju – Candelária), 292 (Engenho da Rainha – Castelo), 300 (Terminal Sulacap – Candelária) 315 (Central – Recreio dos Bandeirantes), 324 (Ribeira – Candelária), 326 (Bancários – Candelária), 328 (Bananal – Candelária), 329 (Bancários – Candelária), 338 (Taquara – Candelária), 342 (Jardim América – Castelo), 343 (Jardim Oceânico – Candelária), SP343 (Rio das Pedras – Candelária), 348 (Riocentro – Candelária), 349 (Rocha Miranda – Castelo), 352 (Riocentro – Candelária), 361 (Recreio dos Bandeirantes – Castelo), 362 (Honório Gurgel – Castelo), 378 (Marechal Hermes – Castelo), 380 (Curicica – Candelária), 384 (Pavuna – Passeio), 385 (Village Pavuna – Passeio), 386 (Anchieta – Candelária), 388 (Santa Cruz – Candelária), 393 (Bangu – Candelária), 394 (Vila Kennedy – Tiradentes), 397 (Terminal Campo Grande – Candelária), 399 (Pavuna – Passeio), 484 (Olaria – General Osório), 497 (Penha – Largo do Machado), 498 (Circular da Penha – Largo do Machado), SN328 (Bananal – Candelária), SN397 (Terminal Campo Grande – Candelária) e SN483 (Penha – General Osório).

Itinerário que as linhas fazem em virtude da interdição: Rua Bela, Rua Conde de Leopoldina, Avenida Brasil, Rua da Igrejinha, retorno, Rua Santos Lima, Rua Benedito Otoni, Rua São Cristóvão, Praça Pedro II, Avenida Pedro II, Avenida Francisco Bicalho.

Novo itinerário a partir do dia 2/12: Rua Bela, Rua Conde de Leopoldina, Avenida Brasil, Avenida Brasil (pista adjacente ao Terminal Intermodal Gentileza), Rua Francisco Bicalho.

Linhas municipais que trafegam pela pista central da Avenida Brasil: 2303 (Cesarão – Carioca), 2305 (Jardim América – Castelo), 2307 (Jardim 7 de Abril – Carioca), 2308 (Cosmos – Carioca), 2309 (Urucânia – Carioca), 2310 (Jardim Violeta – Candelária), 2336 (Campo Grande – Castelo), 2339 (Campo Grande – Castelo), 2380 (Jardim Maravilha – Castelo), 2381 (Pedra de Guaratiba – Castelo), 2383 (Sepetiba – Carioca), 335 (Cordovil – Tiradentes), 369 (Bangu – Candelária), 379 (Catiri – Tiradentes), 389 (Vila Aliança – Candelária), 395 (Coqueiros – Tiradentes), SR300 (Sulacap – Candelária), SR342 (Jardim América – Castelo), SR362 (Honório Gurgel – Castelo), SR378 (Marechal Hermes – Castelo), SR384 (Pavuna – Passeio), SR386 (Anchieta – Candelária), SR388 (Santa Cruz – Candelária), SR393 (Bangu – Candelária), SR394 (Vila Kennedy – Tiradentes), SR397 (Campo Grande – Candelária) e SR399 (Pavuna – Passeio).

Itinerário que as linhas fazem em virtude da interdição: Avenida Brasil, Rua da Igrejinha, retorno, Rua Santos Lima, Rua Benedito Otoni, Rua São Cristóvão, Praça Pedro II, Avenida Pedro II, Avenida Francisco Bicalho

Novo itinerário a partir do dia 2/12: Avenida Brasil, Avenida Brasil (pista adjacente ao Terminal Intermodal Gentileza), Rua Francisco Bicalho.

 

Agentes da CET-Rio estão no local para orientar os motoristas – Fabio Motta/Prefeitura do Rio

Categoria:

  • 2 de dezembro de 2023
  • Marcações: acesso Avenida Brasil Francisco Bicalho Prefeitura do Rio reabertura tráfego

    Leave a Reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *