Agência Minas Gerais | Governo de Minas dá boas-vindas aos turistas no Carnaval da Liberdade

Leo Bicalho / Micheline Zandomênico


O Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Secult-MG), dá as boas-vindas aos turistas que chegam para o Carnaval da Liberdade, com a instalação de dois estandes – um no Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins, e outro na Rodoviária de Belo Horizonte – para fazer o que Minas faz de melhor: receber bem, oferecer opções de folia e de descanso e os sabores da cozinha mineira, considerada uma das melhores do país.

O secretário de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais, Leônidas de Oliveira, recebeu pessoalmente quem desembarcou na rodoviária da capital mineira, nesta sexta-feira (9/2).

“Minas vai receber mais de 12 milhões de pessoas no Carnaval da Liberdade e no Carnaval da Tranquilidade. Dissemos ‘Venham para Minas’, e os turistas vieram. Isso se deve à credibilidade do Governo de Minas, que faz um dos carnavais mais seguros do país, com investimentos em todo o estado para quem quer a folia e para quem quer descansar. Agora abrimos os braços para quem chega e desejamos um excelente Carnaval, com muita alegria e, claro, com a nossa cozinha mineira”, disse o secretário Leônidas de Oliveira.

Nos estandes, o turista pode obter um folder cheio de dicas de Carnaval. Há uma lista de cidades para aproveitar o Carnaval da Liberdade, com festas, cortejo de blocos e escolas de samba, e também para o Carnaval da Tranquilidade, para os que querem descansar. Ao lado dos nomes dos municípios há a indicação da distância até Belo Horizonte, ajudando a quem chega a se programar para passeios bate-e-volta.

O panfleto, todo traduzido para o inglês, ainda traz um QR Code que dá acesso ao Portal Minas Gerais, onde estão cadastrados eventos do Carnaval da Liberdade e do Carnaval da Tranquilidade em todo o estado.

Nos estandes também são distribuídos folders de utilidade pública, que trazem telefones úteis, como o da Polícia Militar (190), do Corpo de Bombeiros (193), do Samu (192) e do Disque-Denúncia (181), e guias gastronômicos com os melhores restaurantes, bares, docerias e lanchonetes de Belo Horizonte. 

Essa recepção foi desenvolvida em parceria com o Sebrae Minas e a Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL-BH), contando com apoio da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) e da Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemge).

O presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae Minas e presidente da CDL-BH, Marcelo de Souza e Silva, salientou a importância de os turistas se sentirem acolhidos e terem acesso às informações necessárias para uma boa experiência no estado.

 

Dirceu Aurélio / Imprensa MG

“Quanto maior o fluxo de visitantes, maior será a ocupação dos meios de hospedagem, o consumo de alimentos e bebidas, e a demanda por diversos serviços, incluindo o transporte de passageiros. Pensando nisso, o Sebrae Minas preparou um conteúdo exclusivo e gratuito, a coletânea ‘Meu negócio é Carnaval’, com dicas de atendimento, marketing e finanças para apoiar donos de pequenos negócios e empreendedores que querem aproveitar os festejos para aumentar o faturamento”, contou Marcelo de Souza e Silva.

O estande de recepção está montado no saguão de desembarque do aeroporto, funcionando das 8h às 23h até sábado (10/2) e das 10h às 20h até domingo (11/2). Para despedida dos turistas, um outro estande estará na área de embarque, na terça-feira (13/2) e na quarta-feira (14/2), das 8h às 23h. Já na Rodoviária de Belo Horizonte, o estande ficará no saguão superior, de sexta-feira (9/2) até a Quarta-Feira de Cinzas (14/2), das 8h às 23h.

Música e dança para receber os turistas em Minas

Quem está vindo para o Carnaval da Liberdade está sendo recebido ainda com muita música e dança. A ação Trupe 98, realizada em parceria pelo Governo de Minas com a Rede 98, contou com músicos entoando marchinhas clássicas de carnaval no aeroporto e na rodoviária. Seis personagens dos Mensageiros do Rei Momo, devidamente fantasiados, executar músicas carnavalescas a partir de instrumentos de percussão e sopro.

A Cia. de Dança Palácio das Artes (CDPA) levou a folia aos dois ambientes, com 17 bailarinos que promoveram um Flash Mob no saguão da Rodoviária e na área de embarque do aeroporto.

A recepção da Fundação Clóvis Salgado (FCS) foi ao som do samba-enredo “A saga da cultura nos 50 anos de história dessa casa que é do povo, sempre regada de memórias”, criado em 2021, pela Escola de Samba Canto da Alvorada, em homenagem aos 50 anos da fundação.

Todas as ações contam com o apoio da BH Airport, concessionária que administra o Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, e da Terminais BH, administradora da Rodoviária de Belo Horizonte.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *