Liderança comunitária raiz, dona Ruth é movida pelo trabalho ao próximo há décadas – Agência de Noticias do Governo de Mato Grosso do Sul

Quem vê os cabelos brancos e o sorriso aberto da dona Ruth Alves Teixeira, de 75 anos, sente de longe que ali tem história. Há décadas trabalhando pela comunidade, não tem quem não a cumprimente e diga “essa é das antigas”.

Uma das primeiras moradoras do conjunto dos Rouxinóis, em Campo Grande, Ruth iniciou a trajetória na liderança comunitária ao lado do então marido, que fundou a associação no bairro.

“Entrei para ajudá-lo, aí fundei o clube de mães, a União Campo Grandense de Clube de Mães e Associações Comunitárias de Mulheres de Mato Grosso do Sul, fiz parte da Umam (União Municipal das Associações de Moradores)”, lembra.

Foram anos ininterruptos dedicados ao bairro, incluindo eleger duas sucessoras, e estruturar clube de mães por todo o estado de Mato Grosso do Sul.

Ruth Alves é uma das mais antigas lideranças comunitárias e aos 75 anos segue firme cumprindo a promessa de trabalhar pelo bairro

“É muito importante o trabalho de uma líder comunitária, porque a gente incentiva as mulheres, leva oportunidade para os bairros, vê o que elas precisam, leva cursos profissionalizantes. Tivemos várias mulheres que fizeram cursos e arrumaram trabalhos”, conta.

A felicidade em ajudar o próximo, em especial às mulheres, é o que move até hoje dona Ruth. Na pandemia, a líder teve covid e passou 42 dias internada. “Fiquei muito mal, e eu sentia muita falta do meu trabalho. Pedi muito a Deus que, se fosse da vontade dele, me tirasse dali para que continuasse, e hoje eu continuo, graças a Deus, cumprindo uma promessa”, comemora.

Cidadania

Em Mato Grosso do Sul, a cidadania tem trabalhado para fortalecer o movimento comunitário nos 79 municípios como política pública de Estado.

Com uma pasta voltada ao tema, a Subsecretaria de Políticas Públicas para Assuntos Comunitários, da SEC (Secretaria de Estado da Cidadania), leva aos municípios o Perifeirarte, projeto que forma lideranças e incentiva a regularização das associações de bairros.

A secretária de Estado de Cidadania, Viviane Luiza, o governador, Eduardo Riedel, e o presidente da Umam, José Gondim

O líder comunitário tem um dia nacional – comemorado hoje (5) – definido pela Lei n. 11.287, de 2006, que registra o papel relevante das lideranças, como ponte entre os anseios da comunidade e o poder político.

Para o subsecretário de Assuntos Comunitários, Jairo Luiz da Silva, este olhar do Governo do Estado para as lideranças é essencial no fortalecimento do trabalho. “A Subsecretária dá os parabéns aos líderes comunitários pelo dia. Afinal, são vocês que conhecem as principais necessidades da comunidade e faz este caminho até o poder público”.

Secretária de Estado da Cidadania, Viviane Luiza, destaca que o protagonismo dos líderes comunitários, e o trabalho de excelência realizado na ponta. “São eles os instrumentos, junto com todos os moradores, para reunir as demandas dos bairros. A Secretaria de Estado da Cidadania vem trabalhando como um instrumento desses líderes comunitários para que tenhamos a efetivação das políticas públicas”.

A Subsecretaria de Políticas Públicas para Assuntos Comunitários está localizada na Av. Mato Grosso, 5778, Jardim Veraneio, em Campo Grande.

O atendimento é realizado de segunda a sexta, das 7h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30. O e-mail para contato é comunitario@sec.ms.gov.br e o telefone (67) 3323-7229.

Paula Maciulevicius, SEC
Fotos: Matheus Carvalho, SEC

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *